sexta-feira, 1 de maio de 2020

COMUNICADO: SUSPENSÃO DO BLOG A VOZ DE LOURDES

COMUNICADO: SUSPENSÃO DO BLOG A VOZ DE LOURDES (JORNAL ONLINE)


Hoje, dia primeiro de maio, celebramos São José Operário e o Dia do Trabalho.

Comunico aos paroquianos e leitores a suspensão do Jornal Online de nossa Paróquia A VOZ DE LOURDES, devido à pandemia do Coronavírus.

A ordem veio do nosso Pároco Frei Marcus, devido a situação econômica, pois com paróquia fechada por ordem do governo, não tem entrada de dinheiro das ofertas e dízimos.

Quando tudo voltar à normalidade, o Jornal voltará a ser publicado a cada primeiro dia do mês

A VOZ DE LOURDES Online foi iniciada com o frei Egisto, continuada com o frei Alcimar e agora com o atual Pároco.

Agradeço a eles a confiança depositada na minha pessoa.

Que Santo Agostinho, Santa Mônica, Santa Rita de Cássia e São Tomás de Vilanova intercedam por nós!

Acompanhe as informações da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes pelos seguintes meios:


Sérgio Bonadiman
PASCOM – Paróquia Nossa Senhora de Lourdes


quarta-feira, 1 de abril de 2020

PALAVRA DO PÁROCO

Queridos irmãos e irmãs em Cristo.

Escrevo-lhes hoje com o coração cheio de esperança, uma vez que estamos próximos de iniciarmos a Semana Santa e vivermos a Páscoa, tempo em que a vida derrotou a morte.

No momento atual que vivemos, de modo todo especial, nos revelou e, tem nos revelado, algumas surpresas. Estamos ainda no tempo da quaresma e neste exato momento passando por essa pandemia do Coronavírus.

A grande maioria de nós estamos confinados em nossas casas, as igrejas sem celebrações ou atividades pastorais, ruas silenciosas, contatos virtuais e assim por diante. Teremos desafios enormes pela frente: Como responder frente a essa situação? Como evangelizar? Como levar esperança?

Deus tem seus planos para cada um de nós e precisamos discernir com sabedoria qual a sua vontade em nossa vida.

Este ano, as celebrações da Semana Santa serão realizadas em privado pelos padres e nossa comunidade seguirá o mesmo padrão. Todas as celebrações já estão sendo realizadas por meio do Facebook da Paróquia na capela do seminário Santa Mônica: vocês poderão encontrar a página escrevendo “Paróquia Nossa Senhora de Lourdes de Vila Hamburguesa”.

Neste canal, vocês poderão encontrar também outras informações. Peço que divulguem ao máximo de pessoas para que nos acompanhem pelas mídias (Facebook e Instagram – pnslourdessp – e em breve, um canal no Youtube).

Animo todos vocês, queridos irmãos e irmãs, a aproveitarem esse momento para a oração, o recolhimento, a partilha da palavra de Deus em família, leituras que nos edifiquem e aprofundarmos o sentido do nosso batismo, que nos une como irmãos.

Somos parte de uma mesma igreja, uma mesma comunidade de fé e amor, “tendo uma só alma e um só coração dirigidos para Deus” (Santo Agostinho). Quero que saibam que nós frades acompanhamos vocês com ternura e carinho e agradecemos a oportunidade de entrar em seus lares pelas redes sociais.

Estamos em oração por cada um de vocês e sabemos que vocês também rezam por nós. Os pedidos de oração pelo Facebook e e-mail tem sido constantes e pedimos que continuem. É a oração que nos dá força para juntos superarmos esse momento e celebrar a vitória de Cristo.

Quero informa-los também, queridos irmãos e irmãs, a realização de algumas conquistas: conseguimos dar entrada no processo de anistia e regularização da igreja junto à prefeitura no dia 24 de março (6 dias antes do término do prazo).

Foi um trabalho longo, árduo, que exigiu algumas mudanças, tomadas de decisões e longas reuniões para que tudo pudesse acontecer dentro do prazo estabelecido em lei. Essa foi apenas a primeira etapa. Agora virá a etapa de adequações e reformas que obrigatoriamente deveremos atender e deixar de acordo com as exigências das autoridades municipais.

Desejo antigo da comunidade, concluímos a etapa do projeto e orçamento para a cozinha da igreja; desde maio passado, uma equipe vinha trabalhado na construção desse projeto que agora conseguimos encerrar. Também foi somente a primeira. No momento oportuno, apresentaremos mais detalhes. O importante no momento, é que saibam que estamos trabalhando para melhor atender a comunidade e as orações de todos vocês tem nos fortalecido para isso.

Quero agradecer imensamente as doações que vocês têm feito em nome da Paróquia e também pelos dizimistas de nossa comunidade. Como lembrei na ocasião, nós frades não estamos necessitando de nada. Nada tem nos faltado, com a graça de Deus. Mas sabemos que a Paróquia tem seus compromissos com os funcionários, obrigações civis que não podemos deixar de cumprir, além da ação social (sopão) que, por enquanto, está suspensa por conta da pandemia.

Por isso, continuamos pedindo que nos ajude a honrar nossos compromissos. Continuem pagando o dízimo e fazendo sua oferta em nossa conta bancária. Para maiores informações, pode nos escrever no e-mail: frmvinicius@yahoo.com.br.

Que vivamos a Páscoa com alegria em nossos lares, nossas famílias. Estamos unidos a cada um de vocês e que a graça do Cristo vivo e ressuscitado ilumine toda nossa vida.

Saudações fraternas.

Frei Marcus Vinicius, OAR.


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Abril de 2020
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br


VOTOS DE FELIZ E SANTA PÁSCOA!

FELIZ PÁSCOA!


Celebrar a Páscoa - memória da paixão, morte e ressurreição de Cristo – é testemunhar nossa fé na vida, na vitória do bem.

Por isso a Igreja entoa cantos alegres, celebrando a vitória do Salvador. E nos convida a testemunharmos nossa fé por meio da prática do amor, da fraternidade, da solidariedade.

Convida-nos a dar um sentido novo a nossa vida, que seja marcada pelo otimismo, pela alegria, pelo compromisso de amor a Deus e aos irmãos.

Alegremo-nos! O Senhor ressuscitou!

Com esses sentimentos, A VOZ DE LOURDES expressa os cordiais votos de uma Feliz e Santa Páscoa, repleta das bênçãos do Cristo Ressuscitado.

(Veja uma lista completa de reflexões sobre a Semana Santa e Páscoa no site da paróquia: Formação Litúrgica - Semana Santa)

Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Abril de 2020
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

A PÁSCOA PARA SANTO AGOSTINHO



P.- Que significou a Páscoa na vida de Santo Agostinho?

É o momento em que ingressa na Igreja, 24 de abril de 387, batizado em Milão pelo bispo Ambrósio. Por outro lado, sua consciência do que a Páscoa significa para os cristãos, estimulou grande parte da ingente tarefa pastoral de Agostinho. Durante a quaresma instruía na fé aos que se preparam para receber o batismo. Nos oito dias seguintes à festa pregava todos os dias para revelar aos membros da Igreja os tesouros e tarefas de sua condição cristã e estimulá-los a viver conforme ela.

P.- Quantos escritos ele tem sobre a Páscoa e quais são os mais relevantes?

Conservamos dezesseis sermões agostinianos, pregados na vigília Pascoal. Pronunciados no domingo de Páscoa, conhecemos doze. A estes se somam 59 sermões apresentados durante a primeira semana de Páscoa. Podem ser lidos no volume 24 das Obras completas de santo Agostinho, publicadas em Madri pela BAC. Além disso, alguns parágrafos da carta 55 explicam o sentido da Páscoa cristã. Por outra parte, na introdução as suas dez homilias sobre a primeira carta de são João, Agostinho confessa a seus paroquianos que «a alegria dos dias da semana pascal» o induziu a pregar sobre ela, pois esse escrito louva, sobretudo, a caridade, razão e fonte de alegria. Durante a primeira semana da Páscoa de 407, entre 14 e 21 de abril, pronunciou oito homilias. Este comentário pode ser encontrado e lido no volume 18 das Obras completas de santo Agostinho, na edição mencionada anteriormente.

P.- Que nos diz santo Agostinho sobre a Páscoa?

Chama à vigília do sábado santo a «mãe de todas as vigílias». No sermão 223A, pregado em uma delas, recorda a vocação de Moisés e a revelação do nome de Deus. Neste aspecto e ao falar que Deus criou o quanto existe, a fé cristã é herdeira do credo judeu.

Nos sermões citados repassa o característico da fé cristã. A Palavra, mediante a qual todo existe, ou seja, o Filho é anterior a tudo. O relato da criação dá a Agostinho pé para falar da morte e da vida, da escuridão e da luz. Suas palavras destacam a morte como consequência da desobediência do homem a Deus. A encarnação e paixão de seu Filho são a fonte de uma vida nova, não submetida irremediavelmente à morte. A eucaristia nutre na Igreja essa vida. Porque esta está sempre ameaçada, Agostinho, nos sermões da vigília pascal, exorta à vigilância. Porque o homem dispõe de certa margem de liberdade, é responsável pelos seus atos. Se estes não são os que Deus espera dele, o homem não deve perder a esperança, pois conta com a intercessão de Cristo diante o Pai. Com esta certeza, o cristão aguarda o juízo final.

Parece-me que os sermões 228B, 229 e 229ª se sobressaem. Neles Agostinho explica o simbolismo dos ritos batismal e eucarístico. A propósito da eucaristia, corpo de Cristo, diz no sermão 229A 1: «Por serem membros da Igreja sois o corpo de Cristo; portanto, vós sois o que recebeis na missa».

«Caminhamos, pois, na experiência da fatiga, mas na esperança de descanso; na carne da velhice, mas na fé da novidade».

P.- Qual a sugestão de Agostinho para que vivamos a Páscoa?

Como caminhantes. Tensos para a meta, antecipada na ressurreição de Jesus. A certeza da vitória nos anima a não perder contato com a realidade, tão exigente e nem sempre grata. Ao meu parecer, assim se deduz de sua carta 55, 26. «Caminhamos», escreve ele. E descreve os dois pés com que os cristãos avançam: «a fadiga» cotidiana, comum a todos os homens, e «a esperança» garantida pela promessa do Senhor; a experiência do envelhecimento e demolição humanos e a fé em uma vida nova. «Caminhamos, pois, na experiência da fatiga, mas na esperança de descanso; na carne da velhice, mas na fé da novidade».

P.- Qual seria a palavra chave para viver a Páscoa ao estilo agostiniano?

«Passagem». Agostinho o expõe assim: «Passagem de Cristo e nosso; daqui para o Pai; deste mundo para reino dos céus, da vida mortal à vida definitiva, da vida terrena à vida celestial, da vida que se deteriora à que não se deteriora, da familiaridade com as tribulações à segurança perpétua» Comentário do salmo 68, 1, 2, pronunciado entre fins de 414 e inícios de 415 em Tagaste, aldeia natal de Agostinho.

P.- Marcou muito sua vida o fato de ser batizado na noite de Páscoa?

No tempo de Agostinho, ser batizado durante a vigília pascoal era o habitual. Portanto, não é de estranhar o fato de ele não dar singular importância à data de seu batismo. Ao contrário, para ele o importante é o fato de ter sido batizado. Recorda-o nas Confissões 9, 14: «Renasci… Fomos batizados e desapareceu de nós a preocupação pela vida passada». E no sermão 229D 1 e 2 diz: «Nossa celebração cotidiana da Páscoa é a recordação constante do que Jesus fez por nós». O adjetivo «nossa» permite afirmar que Agostinho procurou levar a cabo este programa de vida pascal.

P.- Pode-se dizer que a espiritualidade agostiniana é pascal?

É possível dar uma resposta afirmativa, se levarmos em conta os motivos do caminho e a passagem, sobre os quais falamos antes.

P.- Em sua opinião, que palavras de santo Agostinho sintetizam sua experiência pascal e sua doutrina sobre ela?

«Na Páscoa, nome hebreu que significa ‘passagem’, não só recordamos a morte e ressurreição do Senhor, mas também nós passamos da morte à vida… A Igreja, corpo de Cristo, espera participar definitivamente na vitória sobre a morte, triunfo já manifestado na ressurreição corporal de nosso Senhor, Jesus Cristo» (Carta 55, 2).

José Anoz Gutiérez


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Abril de 2020
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

AGENDA PAROQUIAL E LITÚRGICA

LITURGIA: ANO A – SÃO MATEUS – ABRIL DE 2020

01
QUA
 19h00- MISSA via Facebook
03
SEX
19h00- Missa via Facebook
05
DOM
DOMINGO DE RAMOS E DA PAIXÃO DO SENHOR
A Missa será transmitida pelo Facebook da Paróquia às 10h00.
06
SEG
20h- TERÇO DOS HOMENS
09
QUI
QUINTA-FEIRA SANTA- Jo 13,1-18
19hh00- CEIA DO SENHOR E LAVA-PÉS E EM SEGUIDA A ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO
Transmissão pelo Facebook
10
SEX
SEXTA-FEIRA SANTA- Jo 18,1-19,42 – Dia de Jejum e Abstinência
Transmissão pelo Facebook
15h00- PAIXÃO E MORTE DE NOSSO SENHOR
11
SÁB
SÁBADO SANTO- Mt 28,1-10
19h00- MISSA DA VIGÍLIA DA RESSURREIÇÃO
12
DOM
10h00 e 18h00- Transmissão pelo Facebook
DOMINGO DA PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO DO SENHOR
Jo 20,1-9 e na Missa da noite: Lc 24,13-35
15
QUA
20h- Preparação para o Batismo
19
DOM
07h00- 9h00- 11h00-19h00
2.º DOMINGO DA PÁSCOA
– DOMINGO DA DIVINA MISERICÓRDIA- Jo 20,19-31.
21
TER
FERIADO DE TIRADENTES
22
QUA
15hh- Missa em louvor a Santa Rita de Cássia
19h- Missa
23
QUI
 Beata Elena de Údine
24
SEX
 19h -CONVERSÃO DE NOSSO PAI SANTO AGOSTINHO19h00- Festa da Conversão de Santo Agostinho
20h00- Formação- FRASAR
26
DOM
07h00- 9h00- 11h00-19h00
3.º DOMINGO DA PÁSCOA - Lc 24,13-35
Nossa Senhora, Mãe do Bom Conselho
27
SEG
19h00- Missa pelas Vocações e Mães Mônica


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Abril de 2020
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

DÍZIMO E DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES


“Deus ama a quem dá com alegria”

São Paulo, com muita habilidade cristã, incentiva os cristãos de Corinto sobre a coleta em favor da comunidade de Jerusalém, e exorta-os a usarem o impulso do coração, sem tristeza, nem constrangimento, pois se queremos colher em abundância, importa semear com generosidade.

Irmãos: Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama o que dá com alegria. Poderoso é Deus para cumular-vos com toda a espécie de benefícios, para que tendo sempre e em todas as coisas o necessário, vos sobre ainda muito para toda espécie de boas obras.

Como está escrito: Espalhou, deu aos pobres, a sua justiça subsiste para sempre. Aquele que dá a semente ao semeador e o pão para comer, vos dará rica sementeira e aumentará os frutos da vossa justiça. Assim, enriquecidos em todas as coisas, podereis exercer toda espécie de generosidade que, por nosso intermédio, será ocasião de agradecer a Deus. (2 Cor 9,7-11).

Você e sua família já são dizimistas em nossa comunidade?
Devolvem mensalmente o dízimo que pertence a Deus para o benefício de toda a comunidade?

Eis os aniversariantes do mês de abril:

01 Dasdores Julia da Silva
01 Márcia Pereira de Souza
02 Roberto Barroso Ataíde
04 Gilberto Claudio Pereira de Souza
04 Reinaldo Zanon Neto
07 Eglair T. G. do Nasc. Cruz
09 Juventina Matos de Souza Assis
11 Antonino Eterno
11 Sonia Maria Nunes da Silva
12 Maria Júlia Pacciullia Sellan
14 Eliar Rodrigues Marques
15 José Antonio Martins da Silva Neto
16 Bernadeth I. F. Cruz
23 Lucia Fátima Gomes Teves
24 Ana Maria Perestrelo Amoroso
24 Ieda Ap. Marques Rodrigues
24 Maria Lucia Costa Barreto
26 Edna Carrilho Martinez Britto
27 Andreia Lascalla Felippe Salge
27 Maria Soares Moreira

FELIZ ANIVERSÁRIO! PARABÉNS!!!

Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Abril de 2020
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br