quinta-feira, 7 de maio de 2015

CONHECENDO OS NOSSOS PAROQUIANOS





A família que entrevistamos este mês tem história e tradição na nossa paróquia.

O casal do momento é o Marco Antônio Martins da Silva e Sueli Moraes Martins da Silva. São pais das lindas meninas Maria Clara de 12 anos e Ana Luiza de 7 anos.

Marco Antônio é filho do nosso querido Toninho e de dona Alzira; tem outros dois irmãos, o Marcelo e o Maurício. Cresceu em Osasco, mas desde bebê freqüenta a paróquia, já que sua avó, dona Maria, morava bem em frente da igreja. Tem uma lembrança forte, emocional e afetiva sobre vir bem pequeno com sua tia Elisa, que cantava e seu marido Carlos tocava nas Missas. Ela sempre incentivava a cantar. Faleceu muito nova, com apenas 31 anos e Marco tinha 10 anos. Ela foi sua inspiração para começar a tocar. Ele se lembra também de que a nossa querida organista Eglayr dizia que ele menininho levava um violãozinho para acompanhá-la no órgão! Não deu outra: em 1989, começou a freqüentar o Grupo de Jovens com seu irmão Marcelo e seu primo Rogério, a tocar nas Missas, onde aprendeu muito com Renato, que também tocava e, desde então não parou mais.

Conheceu Sueli no Grupo de Jovens em 1990. Mesmo com a correria da Faculdade de Odontologia entre 1990 e 1994, continuou firme na Igreja. Sueli tocava órgão nas Missas. Começaram a namorar em 1992, mesmo ano em que ela iniciou o Curso de Artes Plásticas.

Muito ativos no Grupo de Jovens, conheceram o casal Jorge e Raquel, uma amizade que se estende até os dias de hoje.

Em 17 de janeiro de 1999 casaram-se em uma cerimônia que tinha tudo a ver com eles: o casamento foi realizado no domingo na Missa das 11 horas, Missa dos Jovens! Foi presidida por Frei Toninho e Frei Dito. Com a ajuda do Frei Toninho, os noivos criaram o folheto da Missa do Casamento. Foi um momento marcante e ímpar na vida do casal.

Desde 2006, eles cantam, encantam e tocam na Missa das 18 horas, aos sábados.

Marco é dentista e desde 1996 tem seu consultório na Rua Guaipá, onde sempre recebeu o apoio da nossa comunidade. Trabalha em média de 13 horas por dia e ainda consegue arrumar tempo para se dedicar às suas funções na paróquia  e, são muitas!

Hoje também são atuantes na organização geral da nossa tradicional quermesse, este ano com início em 30 de maio, sempre aos sábados e domingos a partir das 18 horas.

Foi convidado pela FRASAR (Fraternidade Secular Agostiniana Recoleta) da nossa Comunidade, a fazer a regência do coral. Está à frente desde novembro, com ensaios às segundas feiras, às 20h15.

Perguntamos a ele sobre a importância da paróquia em sua vida e Marco nos diz que traz força, paz para agüentar os problemas em relação ao dia a dia no trabalho, na família. Tem o significado de buscar fontes inspiradoras, o testemunho de outras pessoas que a freqüentam.

Sobre a importância da religião, Marco diz que está muito ligada à sua personalidade, ao seu trabalho. Quer ser sempre exemplo de bondade e humildade para as outras pessoas, aconselhá-las a perseverar na fé, que todos participem da vida da comunidade na Igreja, no dia a dia, não somente quanto está num momento de desespero.

Sobre o futuro da sua família na paróquia?

Sua filha mais velha, a Maria Clara, já tocou com seu grupo do Colégio Madre Paula numa Missa sertaneja. Ela toca flauta e teclado. Ele espera que as filhas se espelhem no exemplo dos pais e que se inspirem a tocar e cantar nas Missas, como um dia ele se espelhou e se inspirou em sua tia Elisa para abrilhantar nossas Celebrações com sua alegria e suas notas musicais!

Nós só temos que agradecer!



Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Maio 2015
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário