domingo, 4 de agosto de 2013

VISITA DO PAPA FRANCISCO E A JMJ-2013

- Visita do Papa Francisco ao Brasil

Aqui vou apresentar um resumo de forma cronológica a agenda do Papa no Brasil nos dias 22 a 28 de julho de 2013. Foi a primeira viagem do Papa ao exterior e a um País da América Latina e ele é latino-americano. Foi um marco na História.

- 22/07- Chegada ao Rio, sendo acolhido pelas autoridades eclesiásticas e políticas. Andou pelas ruas num carro simples e com vidro aberto. Mais tarde, teve um encontro privado com a Presidente do Brasil, o Governador do Estado do Rio de Janeiro e o Prefeito da cidade do Rio de Janeiro. 

-23/07- Abertura da JMJ presidida pela arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta. Foi dia de descanso para o Papa.

-24/07- O Papa Francisco foi a Aparecida no interior de São Paulo. Lá venerou a Imagem de Nossa Senhora Aparecida e celebrou a Eucaristia na Basílica Nacional da Padroeira do Brasil. Depois retornou ao Rio de Janeiro onde visitou o hospital de São Francisco de Assis.

-25/07- Celebrou a Eucaristia na residência do Sumaré no Rio de Janeiro; depois abençoou as bandeiras olímpica e paraolímpica no Palácio da cidade; visitou a Comunidade de Varginha(Manguinhos); teve um encontro com os jovens argentinos e à noite acolheu e foi acolhido pelos Jovens participantes da JMJ em Copacabana.

- 26/07- Depois de celebrar a Santa Missa na Residência do Sumaré ele foi ao Parque da Quinta da Boa Vista onde ouviu a confissão de 5 jovens da JMJ( três brasileiros, uma italiana e uma venezuelana). Mais tarde, ele se encontrou com alguns jovens detentos no Palácio Arquiepiscopal São Joaquim. Lá ele rezou a Oração do Angelus. Saudou os membros do Comitê Organizador da JMJ e almoçou com alguns jovens no Salão Redondo do Palácio São Joaquim. De noite, ele participou da Via-Sacra com os Jovens na Praia de Copacabana.

- 27/07- Santa Missa com os Bispos presentes na JMJ, sacerdotes, religiosos na catedral São Sebastião. Neste dia, encontrou-se com a classe dirigente(políticos, diplomatas, expoentes da sociedade civil, empresários) no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Almoçou com os cardeais brasileiros, a presidência da CNBB, os bispos regionais e a comitiva papal no Refeitório do Centro de Estudos do Sumaré. À noite, o Papa participou da Vigília de Oração com os Jovens na Praia de Copacabana.

- 28/07- Às 10h00, o Papa Francisco presidiu a Missa de Envio no encerramento da 28 JMJ, na Praia de Copacabana, com a presença de três milhões e meio de pessoas. Depois almoçou com a comitiva papal. Após o almoço, ele se encontrou com o Comitê de Coordenação do CELAM(Conferência Episcopal Latino-americana). Antes de embarcar para Roma, agradeceu os 60 mil voluntários pelo trabalho durante a Jornada Mundial da Juventude. Ele embarcou às 19h00, dizendo já estar com ‘saudades”, acenando com as mãos fazendo a imagem do coração. Que lindo, que afetuoso!

A próxima JMJ será em Cracóvia na Polônia em 2016 e o Papa Francisco já marcou nova visita ao Brasil, em 2017, por ocasião dos 300 anos da Aparição da Imagem de Nossa Senhora Aparecida.

- Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro

Foram inscritos na 28 JMJ 355 mil peregrinos de 175 países. Os países com maior número de inscritos(em milhares): Brasil(220), Argentina(23), EUA(10,8), China(9,2), Itália(7,7), Venezuela(6,2). Por sexo em %: masculino(44%) e feminino( 56%). 

O Papa encontrou com alguns jovens de forma particular, como alguns jovens detentos e através da confissão de cinco jovens, dentre eles, três brasileiros, uma italiana e uma Venezuela. Enquanto um número enorme de sacerdotes atendia a multidão de jovens.

Os voluntários na JMJ foram 60 mil. Houve alguns problemas por causa da chuva e, por isso, o “Campo da Fé” de Guaratiba(RJ) foi deslocado para a Praia de Copacabana. E no final de semana, chegaram mais pessoas, sobretudo jovens, e a estrutura não estava totalmente preparada para tanta gente.

No último dia, na Missa do Envio, o número de pessoas foi de três milhões e meio de pessoas. Contudo, somente um evento de fé e a simplicidade e o exemplo do Papa Francisco fizeram com que todos colaborassem de uma forma ou de forma. Os jovens ficaram satisfeitos com os objetivos alcançados. A Igreja mostrou seu rosto jovem. O Papa rezou, questionou e dialogou com os jovens, as famílias, as autoridades e toda sociedade civil.

- Jovens agostinianos recoletos presentes na JMJ

Mais de 500 membros da Juventude Agostiniano-Recoleta (JAR) participaram na Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. Os países dos quais procederam são: Argentina (102), Brasil (261), Costa Rica (1), Espanha (6), Filipinas (5), Guatemala (36), México (2), Peru (17) e Venezuela (64).

- A JMJ na visão de um morador de Copacabana:

"Moro em Copacabana. Fiquei praticamente 4 dias em prisão domiciliar. Grande parte do comércio estava fechada e o que funcionava tinha fila que não acabava. Era difícil sair de carro e era impossível correr ou caminhar na praia. Nem academia funcionou. Vi 5 filmes em 3 dias (a última vez que fiz isso devia ter uns 15 anos). Simplesmente ficou mais cheio do que no réveillon e por mais dias. Mas não escrevo para criticar, pelo contrário. Essa JMJ poderia repetir todo ano aqui em Copacabana. Nesses dias, não vislumbrei desrespeito, sujeira, sedução barata ou mesmo uso de substâncias ilícitas e abuso de álcool. Simplesmente, eu observava as filas e ninguém furava. Carros que eventualmente passavam não eram socados. Não vislumbrei agressões. Também não vi lata ou sujeira no chão. Não tinha gritos e sim cantorias. Peregrinos com as suas bandeiras. Ficou muito cheio, é verdade. Os sanitários disponibilizados eram poucos. Mas, independentemente da fé pessoal de cada um, o que eu vi foram jovens e adultos em uma celebração saudável. E vão embora daqui felizes. E deixaram muitos aqui felizes. Eu curti essa meninada."- Rodolfo Hartmann (Professor e Juiz Federal).

- Relatório Final

Dom Orani divulgou para a imprensa os números da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Ei-los:
  • 3,7 milhões de pessoas na missa de envio.
  • 3,5 milhões de pessoas na vigília.
  • 600 mil pessoas presentes na missa de abertura da JMJ.
  • R$ 1,8 bilhões desembolsados pelos turistas.
  • 1,2 milhões de pessoas na missa de acolhida do Papa, em Copacabana.
  • 2 milhões de pessoas na Via-Sacra.
  • 427 mil inscrições.
  • 175 países representados pelos peregrinos.
  • 356.400 peregrinos inscritos com hospedagens.
  • 356,4 mil vagas disponibilizadas para hospedagem em casas de família e instituições.
  • 72,7% do total de inscritos estiveram na primeira vez no Brasil.
  • 70 mil downloads no site oficial da JMJ Rio2013.
  • Mais de 200 mil acessos no site oficial da JMJ Rio2013.
  • Mais de 1,1 milhão de curtidas no Facebook da JMJ Rio2013.
  • 10 mil downloads no Flicker oficial da JMJ Rio2013.
  • 644 bispos inscritos (dos quais 28 são cardeais).
  • 7.814 sacerdotes inscritos
  • 632 diáconos inscritos.
  • 6,4 mil jornalistas credenciados para cobrir a JMJ para 57 países.
  • 264 locais de catequese, em 25 idiomas.
  • 60 mil voluntários.
  • Mais de 800 artistas participantes dos Atos Centrais.
  • 100 confessionários foram expostos na Feira Vocacional e no Largo da Carioca.
  • 4 milhões de hóstias produzidas, 800 mil para missa de envio.
  • 345 toneladas de resíduos orgânicos e 45 toneladas de materiais recicláveis, durante a JMJ Rio2013 (10% a menos do registrado na noite do último Ano Novo).
  • 55% do público inscrito na JMJ é do sexo feminino.
  • 60% do público inscrito na JMJ tem entre 19 e 34 anos.
Jornal Online “A Voz de Lourdes” - Agosto 2013
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - 
Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário