segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

REFLETINDO COM SANTO AGOSTINHO


  1. Cristo, enquanto homem, é o teu caminho. Cristo, enquanto Deus, é o teu destino. Vai até Ele, mas por Ele. ( Serm. 123,3,3),
  2. Senhor, ensina-me a suavidade inspirando-me a caridade, ensina-me a disciplina dando-me paciência, ensina-me a ciência iluminando a inteligência,(Com. Sl. 118,17,4).
  3. Somos caminhantes, peregrinos a caminho. Devemos, pois, sentir-nos insatisfeitos com o que somos, se queremos chegar àquilo que aspiramos.(Serm. 169,15,18).
  4. Uma liberdade sem controle, mais que liberais, faz libertinos. (carta 157,16),
  5. Deus não se torna maior pelo conhecimento de quem O encontra, mas quem O encontra torna-se maior por ter conhecido a Deus.( Serm.m117,2,3).
  6. Quando te afastas do fogo, o fogo continua aquecendo, mas tu esfrias. Quando te afasta da luz, a luz continua brilhando, mas as sombras te envolvem. O mesmo acontece quando te afastas de Deus. (Serm. 170,11,11).
  7. Deus é o mais íntimo que a própria intimidade. Não há, pois, lugar onde possamos escapar de um Deus irado, senão num Deus tranquilizado. Queres escapar dele? Esconde-te nele.(Com. Sl. 74,9/118,26,6).
  8. Deus precisou apenas de uma palavra para criar-nos, mas deu seu sangue para redimir-nos. Se às vezes te sentes frustrado por tuas misérias, recorda quanto custaste. (Serm. 36,8).
  9. Procura fincar raízes na terra dos vivos. As raízes ficam ocultas, mas os frutos são vistos. Nossa raiz é a caridade; nossos frutos, as boas obras. (Com. Sl. 51,12).
  10. As boas obras não se definem pela quantidade, mas pela qualidade. Não por seu peso, mas por sua delicadeza. Não por si mesmas, mas por suas motivações.( Com. Sl. 118,12,2).
  11. Deus não manda coisas impossíveis. Ao mandar o que assim parece, te admoesta para que faças o que podes e peças o que não podes. (Da natureza e da graça 43,50).
  12. Aproveita os momentos de paz e solidão para recolher os grãos da Palavra de Deus e armazená-los em teu coração. (Com. Sl. 66,3).
  13. Não é a carne corruptível que torna o homem pecador. É a alma pecadora que torna o homem corruptível. ( Cidade de Deus 14,3).
  14. Com o coração pedimos, com o coração buscamos. À voz do coração a porta se abre( Serm. 91,3).
  15. Na escola do Senhor, somos todos condiscípulos( Serm. 242,1).




Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Fevereiro 2015
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário