sábado, 4 de março de 2017

ESPIRITUALIDADE DA QUARESMA

Celebrar a Quaresma é reconhecer a presença de Deus na caminhada, no trabalho, na luta, no sofrimento e na dor da vida do povo!

Quaresma é tempo forte de conversão, de mudança interior, de graça e salvação. Preparamo-nos para viver, de maneira intensa, livre e amorosa, o momento mais importante do ano litúrgico e da história da salvação: a Páscoa.

A espiritualidade quaresmal é caracterizada também por atenta e prolongada escuta da Palavra de Deus. Ela ilumina a vida e chama à conversão, infundindo confiança na misericórdia de Deus.

No Brasil, a dimensão comunitária da Quaresma é vivenciada e assumida pela Campanha da Fraternidade. A cada ano, a Igreja destaca uma situação da realidade social que precisa ser mudada.

Campanha da Fraternidade ilumina de modo particular os gestos fundamentais desse tempo litúrgico: a oração, o jejum e a esmola.

Pelo exercício da oração, pessoal e comunitária, as pessoas se tornam sempre mais abertas e disponíveis às iniciativas da ação de Deus.

jejum e a abstinência de carne expressam a íntima relação existente entre os gestos externos da penitência, mudança de vida e conversão interior.

esmola confere aos gestos de generosidade humana uma dimensão evangélica profunda que se expressa na solidariedade. Coloca a pessoa e a comunidade face a face com o irmão empobrecido e marginalizado, para ajudá-lo e promovê-lo.

Para celebrarmos melhor o tempo litúrgico da Quaresma, valorizando a Campanha da Fraternidade, poderemos responder às seguintes perguntas:

  • Quais os sinais de pecado e de morte que marcam mais a nossa comunidade atualmente?
  • Quais os sinais de vida e ressurreição que gostaríamos que aparecessem entre nós?
  • Como ligar esses sinais com o mistério que celebramos?
  • De que maneira podemos encaminhar a Campanha da Fraternidade e as celebrações da Quaresma, para que ajudem a comunidade a melhor celebrar a Páscoa?
  • Como sentimos o tema proposto pela Campanha da Fraternidade em nossa bairro, cidade ou região? Qual será o gesto concreto?

Fonte: CNBB, Manual da Campanha da Fraternidade 2009, Edições CNBB, Brasília, p. 11-12.


Veja mais em nosso site:  www.pnslourdes.com.br/lit_quaresma.htm


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Março de 2017
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário