quinta-feira, 1 de junho de 2017

ENTREVISTA DE JUNHO

CONHECENDO NOSSOS PAROQUIANOS: SR. OCTÁVIO E SRA. DIOLINDA

 


Nesta edição do mês de junho, vamos conhecer um casal super simpático, que muito nos ajuda na Paróquia e na quermesse: Octávio da Cruz e Diolinda Russo da Cruz.

Ele, nascido e criado em nosso bairro. Ela, nascida em Coimbra, Portugal. Veio criança para o Brasil, vindo se instalar com sua família  na Rua Schilling, onde seus pais tinham um bar, e eram vizinhos do Octávio. Ambos fizeram a Primeira Comunhão na Nossa Senhora de Fátima na Vila Leopoldina, uma vez que nossa Paróquia ainda não existia.

Começaram a namorar quando ela tinha 14 anos, e ele 17, pelos idos de 1964. Namoraram por quatro anos, até se casarem nó dia 27-07-1968, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Sumaré. Este ano completam 49 anos de casados!

Os filhos foram chegando, para aumentar a felicidade do casal: Regina, com 47 anos; Alfredo, com 38 anos e Raphael, com 28 anos. São avós de Lucas, com 20 anos, filho de Regina; Gabriela (10), Vitória (5), filhas de Alfredo, e Betina, de 7 anos, filha do Raphael. Deram um duro danado trabalhando como feirantes para sustentarem os filhos e construírem juntos uma vida estável.

Sempre foram muito religiosos, frequentavam as missas de nossa Paróquia, mas devido ao ritmo acelerado de trabalho, não podiam se dedicar a alguma Pastoral, ou assumir um trabalho voluntário. Quando se aposentaram, em 1996, durante uma missa celebrada por Frei Toninho, que pedia por voluntários para ajudar na Paróquia, Octávio logo se prontificou a ajudar. Ele e dona Diolinda entraram para a Pastoral do Batismo. De tão cuidadoso com seu trabalho na equipe, quando está frio, ele leva de casa uma garrafa com água quentinha para as crianças não sentirem frio no momento do batismo.  Logo começaram a ajudar nas quermesses também, onde ele realiza vários tipos de trabalhos apoiando vários setores da festa, e ela trabalha na barraca dos doces. Dona Diolinda também faz parte do Bazar de Santa Rita, quando todo dia 22 de cada mês é realizada a comemoração do dia de Santa Rita, onde ela prepara com suas companheiras de Bazar, vários quitutes deliciosos para este dia tão especial.

Em 1999, foram convidados por seu Toninho, esposo da dona Alzira, a participarem da Frasar, a Fraternidade Secular Agostiniana Recoleta. Foram um dos casais pioneiros. Hoje em dia estão com mais ou menos 30 integrantes ativos.

O casal se emociona muito ao relatar um testemunho de fé ocorrido com a saúde de seu Octávio: em 2002, ele estava num andaime trocando as lâmpadas da igreja, quando caiu do alto e se machucou, vindo a bater as costas brutalmente no chão, e fraturou um dedo de uma das mãos. Foi levado ao hospital por Frei Marcus Vinícius, fez exames, onde o médico constatou haver algum tipo de problema em um dos rins. Seu Octávio prontamente recorreu ao seu médico habitual, onde realizou um exame mais minucioso, e foi constatado um nódulo maligno dentro de um dos rins. Como tinha histórico da doença na família (até o falecimento de uma irmã pelo mesmo problema de  nódulo maligno no rim), foi orientado à imediata retirada do rim afetado.

Conversou com seus amigos da Frasar, que lhe deram muito apoio, apegaram-se à sua imensa fé em Deus, e como devotos de Santa Rita de Cássia (também são devotos de Nossa Senhora de Fátima), pediram sua intercessão.  Coincidência ou não, o dia em que estava marcada a operação, dia 16, o médico teve um contratempo, remarcando para o dia 22 de outubro, dia de Santa Rita. A cirurgia foi um sucesso, desde então eles agradecem à Santa Rita pela intercessão. À partir desta data, todos os anos, seja nos dias das missas de Santa Rita, ou no dia dela mesmo, 22 de maio, eles doam grande parte dos doces e salgados, como retribuição e agradecimento à saúde de seu Octávio, que até hoje faz apenas exames de rotina e está com uma saúde perfeita.

Quando perguntado a eles sobre o significado da Paróquia em suas vidas, dizem ser essencial, que parece faltar alguma coisa se não conseguem vir à missa no domingo, faz parte da vida deles.

Mensagem de do casal aos leitores: “Ter muita fé em Deus, com fé se chega onde se deseja. Sempre com Deus, com Nossa Senhora de Fátima e com Santa Rita.”


Agradecemos imensamente pela oportunidade de conhecê-los um pouco mais, nosso muito obrigado por seus trabalhos realizados com tanto amor em nossa Paróquia, e que Deus abençoe vocês e sua família!


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Junho de 2017
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário