domingo, 5 de outubro de 2014

COTIDIANO

Os vários nomes de Maria

Na primeira quinzena do mês de Outubro Nossa Senhora, mãe de Jesus, é homenageada com duas grandes festas no Brasil: O Círio de Nazaré, na cidade de Belém, no estado do Pará e a festa de Nossa Senhora Aparecida na cidade de Aparecida, em São Paulo.

Considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, o Círio de Nazaré, festa em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, é uma das maiores concentrações religiosas do mundo que acontece todos os anos no segundo domingo de outubro.

Já a festa de Nossa Senhora Aparecida ocorre todo dia 12 de outubro em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Apesar das denominações diferentes, Nossa Senhora de Nazaré e Nossa Senhora Aparecida, são a mesma santa: Nossa Senhora, mãe de Jesus.

Mas, se a santa é a mesma, por que tantas denominações?

A explicação é a de que em seus vários títulos e denominações encontram-se expressas virtudes, dons, lugares e etc. atribuídos ou relacionados à Nossa Senhora como nos exemplos a seguir:

ü    Nossa Senhora da Imaculada Conceição porque foi concebida sem mácula;
ü    Nossa Senhora da Assunção porque subiu ao céu em corpo e alma;
ü    Nossa Senhora de Fátima por ter aparecido na cidade de Fátima, em Portugal, para três crianças. Aqui Nossa Senhora também recebe a denominação de Nossa Senhora do Rosário, pois, nessa aparição a mãe do Senhor, pediu a oração do Santo Rosário;
ü    Nossa Senhora de Lourdes por ter parecido em Lourdes, na França, à menina Bernadette, de 14 anos.

Existem também denominações originadas de alguns momentos da vida de Nossa Senhora como, por exemplo, Nossa Senhora das Dores que deve seu nome às dores de Maria.

Uma denominação curiosa é a que Nossa Senhora recebe na Ilha do Mosqueiro, no estado do Pará: Nossa Senhora do Ó. Essa denominação advém da exclamação ou suspiro “Oh!”.

Maria foi reverenciada desde os primórdios do cristianismo e é chamada pelo nome por volta de vinte vezes no Novo Testamento. Ao longo dos séculos tem sido um dos temas preferidos da arte, música e literatura cristã e, de acordo com estudos, é a Santa que mais recebe denominações em toda a Igreja Católica, possuindo mais de 1100 nomes que são a expressão do amor, reconhecimento e carinho dos fiéis e devotos.

Deste modo, apesar dos muitos títulos pelos quais é invocada, venerada e amada, esses títulos, se referem à mesma santa: Maria, Mãe de Jesus, nosso Salvador.

Vanusa do Reis Coêlho Rodrigues
vanusa.coelho.rodrigues@gmail.com
____________________________________________________________________________________
Vanusa Coêlho é graduada em Ciências Contábeis e Letras/Inglês. Possui Mestrado em Psicologia da Educação (PUC/SP); MBA em Recursos Humanos (FGV). É Especialista em Educação Lúdica, Neuroaprendizagem e em Psicopedagogia Clínica e institucional (PUC/SP). É Personal Coach e Practitioner em Programação Neurolinguística. Possui Certificação em Mediação PEI e Curso de aperfeiçoamento em TDA/TDAH (EPSIBA/Buenos Aires).


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Outubro 2014
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário