quarta-feira, 1 de abril de 2015

PÁSCOA

PÁSCOA: CONTÍNUA PASSAGEM DE DEUS, DE JESUS EM NOSSAS VIDAS.


A palavra páscoa significa passagem. No livro do Ex 1-15, Deus ouve o clamor daquele povo oprimido e envia Moisés para libertá-lo. Aí percebemos que acontecem várias páscoas. Deus passa no meio do povo para ouvir as reclamações, o clamor. Passa na vida de Moisés, quando se manifesta na sarça ardente. Aquele homem violento e medroso é transformado em profeta da libertação. Deus passa na vida das autoridades políticas do Egito, que já naquele tempo não tinham olhos para perceber a passagem de Deus. Mas o povo simples percebeu. Animados pela fé e fortalecidos pela esperança, os escravos hebreus prepararam às pressas o pão sem fermento, para durar mais, e saíram em busca da vida. Todos conhecemos a passagem do Mar vermelho a pé enxuto(cf. Ex 13-14). O povo passa pelo mar e percebe que Deus, solidário e providente, passa juntamente com ele. Isso é páscoa.

A páscoa passagem para a vida ficou tão marcada na memória do povo, que era lembrada, todos os anos, entre cânticos e festas. Tornou-se uma passagem celebrada. Era a festa da festa páscoa. Mas a passagem de Deus não ficou congelada em uma celebração. Não ficou aprisionada ao culto.

O povo da Bíblia sempre percebeu a páscoa, no dia-a-dia. Uma nuvem que acompanhava o povo, amenizando o sol do deserto, era sinal claro da passagem de Deus. O maná, as codornizes, a água saída da rocha, o Monte Sinai, as tábuas da Lei, a arca da aliança, as sábias palavras do profeta, e, mais tarde, o templo de Jerusalém, tudo isso era visto como sinal da passagem de Deus. Eram sinais de páscoa.

Não podemos perder de vista esse sentido original. Caso contrário, aprisionaremos a Páscoa numa época do ano ou numa determinada celebração. Vivemos em páscoa-permanente. Pois Deus, a todo momento, está passando em nossa vida. Onde ele passa, acontece uma páscoa. Jesus Cristo é a expressão suprema da passagem de Deus no meio do povo. Logo, no início do Evangelho de Mateus, Jesus é apresentado como “Deus-conosco”, Emanuel(cf. Mt 1,23). Em outras palavras, diríamos que Jesus é Deus passando no meio do povo, é Deus-passagem, é Deus-páscoa. Mais tarde, o apóstolo João diria isso, de modo mais poético: “A Palavra se fez gente e armou sua tenda no meio de nós”(Jo 1,14). Lembra o povo acampado no deserto e uma tenda reservada para o encontro entre Deus e o profeta. Jesus se revela como a tenda viva de Deus, acampado no meio de nós. Ele é o Templo. Ele é o pão. É a água viva. Jesus é a Páscoa.

O Mestre passava no meio do seu povo, gerando vida em plenitude(cf. Jo 10,10). Curava os enfermos, alimentava os famintos, consolava os aflitos, perdoava os pecadores, animava os desanimados e libertava os cativos. Mas a Páscoa de Jesus acabou no dia de sua ressurreição? Só nos resta viver aquela lembrança de modo celebrativo? È claro que não.

Quem curava, continua curando hoje. Quem alimentava continua alimentando nos nossos dias. Quem libertou no passado não vai nos decepcionar agora. Porque Deus é fiel. Passou no Egito, na Galiléia e está passando aqui também. Isso ficou registrado na promessa que o próprio Jesus fez, antes de voltar para o Pai: “Estarei com vocês, todos os dias, até o fim do mundo”(Mt 28,20).

Celebrar a Páscoa - memória da paixão, morte e ressurreição de Cristo - é testemunhar nossa fé na vida, na vitória do bem. Por isso a Igreja entoa cantos alegres, celebrando a vitória do Salvador. E nos convida a testemunharmos nossa fé por meio da prática do amor, da fraternidade, da solidariedade. Convida-nos a dar um sentido novo a nossa vida, que seja marcada pelo otimismo, pela alegria, pelo compromisso de amor a Deus e aos irmãos.

Alegremo-nos! O Senhor ressuscitou!

Com esses sentimentos, A VOZ DE LOURDES expressa a todos os cordiais votos de uma Feliz e Santa Páscoa, repleta das bênçãos do Cristo Ressuscitado!

(Para refletir mais sobre a Páscoa, acesse o nosso site: www.pnslourdes.com.br).


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Abril 2015Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval NevesResponsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SPSite da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário