segunda-feira, 6 de julho de 2015

PALAVRA DO PÁROCO

Amanhã pode ser tarde

Muitas vezes deixamos para amanhã o que poderia ser feito hoje. Muitas de nossas atitudes podem salvar vida hoje. Por exemplo: Menos de 2% dos brasileiros são doadores de sangue regulares. Isso significa cerca de três milhões de pessoas em um País onde residem duzentos milhões.

A vida merece ser valorizada, cantada e celebrada por sua importância e por sua originalidade. Assim vemos a importância da Solidariedade, de fazer hoje algo de bom ao outro.

Não deixe para amanhã! Amanhã pode ser muito tarde para você dizer que ama, para você dizer que perdoa, para você dizer que desculpa, para você dizer que quer tentar de novo...

Amanhã pode ser muito tarde para você pedir perdão, para você dizer: “Desculpe-me, o erro foi meu!”.

O seu amor, amanhã, pode já ser inútil; o seu perdão, amanhã, pode já não ser preciso; a sua volta, amanhã, pode já não ser esperada; a sua carta, amanhã, pode já não ser lida; o seu carinho, amanhã, pode já não ser mais necessário; o seu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços... Porque amanhã pode ser muito... Muito tarde!

Não deixe para amanhã para dizer: “Eu amo você! Estou com saudades de você!”, “Perdoe-me! Desculpe-me!”, “Esta flor é para você! Você está tão bem!” 

Não deixe para amanhã o seu sorriso, o seu abraço, o seu carinho, o seu trabalho, o seu sonho, a sua ajuda...

Não deixe para amanhã para perguntar: “Porque você está triste? O que há com você?”; “Ei! Venha cá, vamos conversar... Cadê o seu sorriso?”; “Ainda tenho chance? Já percebeu que eu existo?”; “Por que não começamos de novo?”, “Estou com você. Sabe que pode contar comigo?”; “Cadê os seus sonhos? Onde está a sua garra?”

Lembre-se: Amanhã pode ser tarde... Muito tarde! Procure! Vá atrás! Insista! Tente mais uma vez! Só hoje é definitivo!

Amanhã pode ser tarde... 

Sem deixar para amanhã, quero neste momento deixar o meu muito obrigado a todos que participaram de nossa Quermesse, das crianças até o mais idoso, criando um ambiente muito familiar. Meu muito obrigado especial a todos que trabalharam com muito amor e dedicação. Aos que doaram algo para a Quermesse ficar mais solidária. Peço a Deus que derrame suas graças sobre todas as famílias e que nossa padroeira Nossa Senhora de Lourdes interceda por todos nós!


Frei Egisto Cansian, OAR.


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Julho 2015
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário