domingo, 4 de outubro de 2015

CONHECENDO NOSSOS PAROQUIANOS


Na edição deste mês, vamos conhecer uma pessoa que representa a “ala” jovem da nossa Comunidade: a Cidinha.

Maria Aparecida Freitas Silva tem 21 anos, é filha de Antônio Evandro Silva e Maria Freitas Silva, e sua irmã é a Larissa Freitas Silva, de 15 anos.

Quando sua mãe estava grávida dela, teve uma série de complicações e fez uma promessa a Nossa Senhora Aparecida, colocando seu nome como Maria Aparecida. O tempo passou, Cidinha foi crescendo e mesmo sabendo da origem de seu nome, não gostava.
Morando bem perto da paróquia com sua família, sempre frequentou as missas. Sua mãe é coordenadora do bazar beneficente, e seu pai sempre que pode também ajuda.

Aos 6 anos foi batizada e nessa mesma época começou a participar da Infância Missionária a convite do casal Andrea e João, coordenadores do Grupo. Formou aqui grandes amizades, entre elas com a Magda, filha do seu Luís, amizade esta citada na entrevista do mês passado. Foi coroinha, faz parte do Grupo de Jovens, sendo muito atuante durante a Jornada Mundial da Juventude, em 2013. A atual barraca do suco da quermesse foi criada nessa época para arrecadar fundos para a JMJ.

Sobre o ano de 2013, Cidinha nos relatou um acontecimento incrível que tem a ver com seu nome: numa fase conturbada de dúvidas e à procura de certezas sobre a totalidade de sua fé, Cidinha buscava provas de Nossa Senhora. Queria que Ela aparecesse de alguma forma, apesar das argumentações, que se justificasse todo ardor e devoção que tinha por Ela...

No dia 17/01/2013, Cidinha seguia de van com o grupo de jovens para a missa do Padre Marcelo. Estavam rezando quando em meio às Ave-Marias pronunciadas, Cidinha viu se formar nitidamente no céu a imagem de Nossa Senhora das Graças, e era como se tivessem a sós com Ela naquele lugar: a van e Nossa Senhora! Foi um momento de muita emoção, onde a partir dali ela entendeu o que Nossa Senhora quis dizer ao seu coração. Desde então, leva com muito orgulho o fato de ser “xará” de Nossa Senhora Aparecida!

Atualmente faz fonoaudiologia na USP, e mesmo com o tempo de estudos atribulados, sempre que pode vai ao Grupo de Oração. Participa da Missa das Crianças às 9h00 do domingo, onde canta com o frei Sidney e tem um mini coral animado.

Sobre a importância da paróquia em sua vida, ela nos diz que foi onde teve toda a formação como pessoa, no sentido afetivo, espiritual e de doutrina.

Sente que para a paróquia melhorar, além de uma maior interação e união entre todas as pastorais, tem que ter uma participação maior dos jovens, a juventude tem que levar as coisas mais a sério, viver a santidade, ter uma mudança profunda em todos os sentidos.

Mensagem de fé aos paroquianos e jovens: a juventude passa, a idade passa, mas Deus não passa. Queiram estar perto do que é eterno, perto de Deus, de Jesus juntamente com Nossa Senhora, sempre!


Agradecemos imensamente as palavras tão maduras desta jovem senhorita, que Deus a abençoe e à sua família também.


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Outubro 2015
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia
http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário