terça-feira, 4 de abril de 2017

A PALAVRA DO PÁROCO

PÁSCOA: BUSCA DA VIDA NOVA E CHAMADO À SANTIDADE

Neste mês de abril, nossa Igreja celebra mais uma vez a Páscoa. Não é nada simples, em nossa cultura, admirada e envolvida pela tecnologia, celebrar a Páscoa, a passagem de um modo de viver a outro modo de vida. Como Maria Madalena e como os discípulos, estamos envolvidos pela escuridão, mas com uma diferença: Maria Madalena, Pedro e João correm para ver o que aconteceu; hoje, a humanidade deixou de correr porque está anestesiada pelo último aplicativo que irá facilitar sua vida de algum modo, ou pela mágica que cada um pode fazer operando seus novos celulares, tablets e computadores.

Para celebrar a Páscoa na vida pessoal é necessário caminhar, deixar o comodismo e correr em busca da vida nova que tem a força e o brilho da Ressurreição de Jesus.  Hoje, infelizmente, poucos se dispõem a buscar este caminho de encontrar, na escuridão da nossa sociedade, a presença ausente do Ressuscitado entre nós. Tudo, ao nosso redor, convida ao conforto e o conceito de vida plena é ser proprietário dessas máquinas maravilhosas que tiram de nós qualquer tipo de esforço ou até nos impedem de nos colocar em movimento para renovar a vida. Assim, em vez de Páscoa - passagem (movimento de um lado para o outro) - tem-se a comodidade. Há como que uma negação para levantar-se e colocar-se a caminho. A tecnologia de hoje é uma caixinha brilhante, que acende luzes, com a força de impedir nossas atividades, de abaixar nosso olhar para a terra e de calar nossas conversas, nossa partilha em forma de diálogo.

O convite para fazer esta Páscoa, esta nova passagem, começa por levantarmos os olhos de nossos celulares, tablets e laptops para enxergar na Ressurreição de Jesus, uma luz bem mais forte e bem mais intensa, repleta de vida nova. Um convite que se completa com o incentivo para se colocar a caminho de quem vai ao encontro de alguém muito especial, com quem se é capaz de olhar nos olhos e dialogar pessoalmente. É uma passagem que nos coloca em busca da humanidade que é minha e também do outro. O espaço vital, o espaço da vida nova, ou seja, o local onde acontece a vitória e o brilho esplendoroso da vida nova está na Ressurreição de Jesus.

Nossa Ordem Agostiniana instituiu para o ano de 2017, o ANO DA SANTIDADE.  Todos os cristãos são chamados à santidade, a viver plenamente a caridade, segundo a própria vocação e dom recebido do mesmo Espírito que efetiva a comunhão da Igreja na diversidade de vocações, carismas e ministérios. Nós, agostinianos recoletos, desejamos revitalizar a Ordem e, para isso, cada qual deve sentir-se pessoalmente chamado à santidade, a uma santidade tanto pessoal como comunitária e pastoral, para responder hoje como o fizeram em seu tempo nossos santos. O papa Francisco nos aponta quatro palavras para alcançar a santidade na vida cotidiana: coragem, esperança, graça e conversão. “A santidade é um caminho para seguir adiante, rumo ao horizonte, com valentia, com esperança, abertos à graça e cheios de pequenas conversões”.

Aproveitemos a programação da semana santa da Paróquia e busquemos a santidade no cotidiano. Desejo a todos uma Feliz Páscoa! Não somente com o gosto doce de chocolates, mas principalmente, Feliz Páscoa pelo brilho esplendoroso da vida nova que a Cruz iluminada da Ressurreição de Jesus oferece a todos nós para buscarmos a santidade. Feliz e abençoada Páscoa a todos!


Frei Alcimar Fioresi, OAR


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Abril de 2017

Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário