quinta-feira, 1 de novembro de 2018

36.º CAPÍTULO DA PROVÍNCIA DE SANTO TOMÁS DE VILANOVA

O CAPÍTULO DA UNIÃO DE PROVÍNCIAS

Aconteceu no Seminário de Monachil em Granada, Espanha, o Capitulo Provincial de São Tomas de Vilanova, com a presença de vários religiosos da Província de Santa Rita de Cássia, entre eles, o nosso pároco Frei Alcimar Fioresi. Nos dias 10 a 26 de outubro.

No dia 10 de outubro de 2018 inicia o 36º Capítulo da Província Santo Tomás de Vilanova, com as três províncias Santo Tomás, São José e Santa Rita já unificadas.

A comunidade agostiniana recoleta Nossa Senhora do Bom Conselho, de Monachil, Granada, Espanha, acolhe os participantes (religiosos capitulares) para o 36º Capítulo Provincial da Província Santo Tomás de Vilanova que, a partir do dia 10 de outubro de 2018, realizam o capítulo em que as províncias São José e Santa Rita de Cássia já incorporadas à Província Santo Tomás de Vilanova. 

O capítulo requereu uma preparação profunda para dar vida à nova província, que surge da união de três províncias da Ordem dos Agostinianos Recoletos, concretizando o processo de reestruturação e revitalização da Ordem. A preparação profunda começou em 2017 com a primeira das três reuniões da Comissão para a União das Províncias (CUP) realizada em Lima, Peru, de 25 a 27 de janeiro de 2017; a segunda reunião da CUP aconteceu em Monachil, Granada, Espanha (na mesma casa da Ordem onde acontecerá o capítulo da união), de 04 a 10 de dezembro de 2017; e a terceira reunião da CUP foi em Buenos Aires, Argentina, de 01 a 15 de maio de 2018. Entre uma reunião e outra da CUP, as várias subcomissões trabalharam arduamente para dar uma colaboração efetiva ao processo de unificação.



Frei Miguel Ángel Hernández Domínguez, prior provincial eleito

Depois de realizar o escrutínio para a eleição do Prior Provincial, frei Miguel Ángel Hernández Domínguez obteve a maioria absoluta dos votos válidos e, portanto, é o novo provincial eleito da Província Santo Tomás de Vilanova. A confirmação do cargo e a tomada de posse acontecerá durante o Capítulo Provincial.

Frei Miguel Ángel, de 53 anos de idade, nasceu em 19 de janeiro de 1965 em Collado Villalba, Madri, Espanha, fruto do matrimônio de Ovidio e Alejandra, sendo o menos de três irmãos. Depois dos estudos básicos e parte dos estudos secundários feitos em sua localidade natal, ingressou no ano de 1982 no Seminário Nossa Senhora do Bom Conselho, que os Agostinianos Recoletos têm em Monachil, Granada, Espanha.

Sua inclinação para a vida religiosa, especialmente ao carisma agostiniano recoleto, nasceu de uma forma espontânea no seio de sua própria família com vários exemplos próximas a serem imitados. Três irmãos de seu pai, seus tios frei Julián, frei David e frei Juan Francisco Hernández Cuadrado são sacerdotes pertencentes à Província Santo Tomás de Vilanova, da Ordem dos Agostinianos Recoletos. Frei Emilio Montes Cuadrado é primo deles e é também recoleto da mesma Província. Outra irmã de seu pai, a freira Celina Hernández, era religiosa da Congregação das Mercedárias Missionárias, falecida em 1973 com fama de santidade.

Frei Miguel fez seu noviciado em Los Negrales, Madri, e emitiu os votos temporais no dia 15 de agosto de 1984 em Burgos, cidade na qual continuou sua formação religiosa e acadêmica realizando seus estudos de filosofia e teologia. Fez a profissão solene em 10 de dezembro de 1988, e recebeu a ordenação presbiteral em Madri no dia 30 de junho de 1990 pelas mãos do bispo Dom Florentino Zabalza Iturri, OAR.

Logo depois de sua ordenação, foi transferido ao vicariato no Brasil, destinado à comunidade do Leblon, no Rio de Janeiro, onde permaneceu um ano realizando estudos e exercendo o serviço de vigário paroquial.

Em 1992 foi transferido a São Paulo, paróquia São João Batista, vila Guarani, onde estudou Liturgia ao mesmo tempo em que desempenhava suas tarefas de vigário paroquial. No final de 1992 foi transferido a Belém do Pará. Ali, no Seminário Santo Tomás de Vilanova, desenvolveu uma intensa atividade como formador dos jovens postulantes até o ano 2000.

Depois do 30º Capítulo Provincial, no ano 2000, foi nomeado Vigário do Brasil, fixando sua residência no Rio de Janeiro, cargo que exerceu até o momento em que foi eleito Prior Provincial.

Em 2006 foi eleito Prior Provincial para o triênio 2006-2009, cargo que repetiria nos anos 2009-2012. Terminada sua função a cargo de governo provincial foi destinado à comunidade do noviciado em Monteagudo, Navarra, Espanha, onde exerceu o cargo de vice-mestre de noviços entre os anos 2012-2015.

No 35º Capítulo Provincial foi destinado à comunidade Nossa Senhora do Bom Conselho em Monachil, Granada, onde está a cargo da formação dos professos, além de ser o vice-prior da comunidade e vigário da província.

Manifestamos aqui a frei Miguel Ángel as felicitações de toda a Província Santo Tomás de Vilanova pela sua eleição ao cargo de Prior Provincial, ao mesmo tempo em que nos unimos todos em oração para que Deus o conceda a sabedoria e a fortaleza necessárias para o desempenho fiel da missão que Deus, através dos irmãos, lhe confiou.


O 36° Capítulo Provincial foi encerrado no dia 24 de outubro, após comemorar a Eucaristia, sob o olhar de Nossa Senhora do Bom Conselho. Os religiosos agostinianos Recoletos agradecem a Deus por esta nova etapa que começa a Ordem.

Frei Miguel Miró, prior geral da Ordem dos Agostinianos Recoletos - OAR, confirmou, na noite do dia 23 de outubro, frei Miguel Ángel Hernández como novo prior provincial da Província Santo Tomás de Vilanova, à qual a Província Santa Rita de Cássia foi incorporada em 10 de outubro de 2018.

Com a Palavra de Deus ao alcance de suas mãos e dentro de seu coração, frei Miguel Ángel Hernández fez sua profissão de fé diante dos religiosos capitulares -os que participam do capítulo provincial- e dos religiosos da comunidade Nossa Senhora do Bom Conselho, com os quais reside.

Com o serviço de prior provincial para o período 2018-2022, frei Miguel Ángel, emocionado, iniciou sua fala com as seguintes palavras dirigidas: “Dou-me conta que minha vida tem que ser um gastar-se e desgastar-se para gerar vida e para criar comunhão”. Lembrou também que um novo caminho se descortina para a província e que a revitalização continua: “Deus sempre pode fazer algo novo”. A cerimônia de confirmação foi presidida pelo prior geral e pelos religiosos que participam do 36º Capítulo provincial no convento Nossa Senhora do Bom Conselho em Monachil, Granada, Espanha, residência na qual frei Miguel Ángel serviu como sacerdote para a Igreja e formador para a Ordem.

Felicidades, frei Miguel Ángel!

As três Províncias unidas em uma só: S. Tomás de Villanueva, Santa Rita de Cássia e São José.


O 36° Capítulo escolheu os Conselheiros Provinciais.

Este é o time que irá acompanhar o provincial frei Miguel Anjo Hernández para o governo da Província Santo Tomás de Villanueva, que compreende os países de: Argentina, Brasil, Espanha, Peru e Venezuela.

Primeiro Conselheiro: Frei Francisco Javier Tello Vegas.
Segundo Conselheiro: Frei Alcimar Fioresi.
Terceiro Conselheiro: Danilo José janegitz
Quarto Conselheiro: Frei Nicolas Cavaleiro Peralta.




O XXXVI Capítulo Provincial da província Santo Tomás de Villanova, reuniu a segunda sessão na tarde de quinta-feira, 18 de outubro, e decidiram pela maioria absoluta transladar a sede provincial da Espanha para o Brasil.

Antes da votação, os religiosos capitulares debateram o tema amplamente e levou-se as suas respectivas comissões para análise. A proposta era a seguinte: “Estabelecer a residência do prior provincial da província Santo Tomás de Villanova na casa situada no Leblon, Rio de Janeiro, Brasil”.

Depois, o presidente do Capítulo apresentou a proposta na sala capitular. Os secretários das comissões deram suas opiniões ao plenário conforme cada comissão. Imediatamente depois, foi submetida a votação.

A proposta foi recebida com entusiasmo na sala e foi aprovada por maioria absoluta.

Ao conhecer os resultados, os religiosos reunidos na sala capitular aplaudiram de forma espontânea. Já que se tratou de uma decisão histórica que tomaram os agostinianos recoletos.

Uma das razões desta medida foi para ter mais proximidade entre os países para um melhor serviço na animação dos países latino-americanos que compõe a nova província Santo Tomás de Villanova: Argentina, Peru, Venezuela e Brasil.

Deste modo, a província ficou conformada da seguinte maneira:

Sede provincial

Brasil será a nova sede provincial: formada pelas comunidades da anterior província Santa Rita e da anterior Vigaria de Santo Tomás de Villanova nesse país.

Quatro vigarias

Esta nova realidade obriga a província uma nova organização; por isso, haverá modificações nas vigarias. Espanha, que era a sede da província, passará agora a ser vigaria. Deste modo, a província contará com quatro vigarias:

  1. Vigaria Provincial de Venezuela: formada pelas comunidades da anterior província São José e das comunidades da anterior Vigaria da província Santo Tomás de Villanova nesse país.
  2. Vigaria Provincial de Argentina: formada pelas comunidades da província Santo Tomás de Villanova nesse país.
  3. Vigaria Provincial de Peru: formada pelas comunidades da anterior província São José nesse país.
  4. Vigaria Provincial de Espanha: formada pelas comunidades da província Santo Tomás de Villanova da anterior província São José nesse país.
No caso da futura vigaria da Espanha, em novembro convocará as votações para a eleição de candidatos a vigário provincial da Espanha.


Eis abaixo os três Provinciais junto ao Prior Geral. Agradecemos a eles o período que ficaram à frente das Províncias.

!Muchas gracias! Muito Obrigado!!!



Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Novembro de 2018
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário