quinta-feira, 1 de novembro de 2018

NOTÍCIAS DA CNBB

A AUTONOMIA DO LAICATO, A LAICIDADE E O PLURALISMO LEGÍTIMOS
Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos-RJ

Neste Ano Nacional do Laicato, é importante respeitar e incentivar a autonomia e a liberdade do Laicato nas coisas temporais, para que possam cumprir sua missão de ser Sal da Terra e Luz do mundo. O cân. 227, afirma especificamente: “É direito dos fiéis leigos que lhes seja reconhecida, nas coisas da sociedade terrestre, aquela liberdade que compete a todos os cidadãos; usando dessa liberdade, procurem imbuir suas atividades com o espírito evangélico e atendam a doutrina proposta pelo Magistério da Igreja, evitando, contudo, em questões opináveis, apresentar o próprio parecer como doutrina da Igreja”.

Mais adiante, quando se trata dos deveres dos clérigos, no cân. 275, § 2, se prescreve: “Os clérigos devem reconhecer e promover a missão que os leigos exercem na Igreja e no mundo, cada um conforme a parte que lhe cabe”. Isto significa que o Laicato é um sujeito eclesial adulto, é não cabresteado ou dirigido a respeito de quem deve votar ou a que partido deve aderir, mas estimulado ao discernimento e à reflexão inspirada no Evangelho e na Doutrina Social da Igreja atualizada.

Os clérigos, que pressionam ou usam de seu ministério espiritual para coagir ou induzir o voto, lesam a consciência e a liberdade dos seus irmãos leigos, mantendo-os na infantilidade e dependência. Sua tarefa é ajudar a discernir e formar retamente a consciência, capacitando os leigos para seu desempenho em condições de igualdade com os outros cidadãos, reconhecendo o legítimo pluralismo das opções político-partidárias, campo prudencial do possível e do desejável.

Intimidar ou condicionar atitudes, falando da condenação eterna ou de penas extintas ou claramente reformuladas no código atual, com benignidade medicinal, conduz inevitavelmente a abandonar o oficio de pastor misericordioso e compassivo do rebanho.

Nunca como hoje, é necessária uma cultura de diálogo, empatia e profunda comunhão entre pastores e leigos, para testemunhar o rosto de uma Igreja encarnada, servidora, com presença pública e compromisso com os pobres, sinal inequívoco de unidade, de Paz e de justiça. Deus seja louvado!



DOCUMENTÁRIO CORRENDO ATRÁS DE UM SONHO É LANÇADO NA COMEMORAÇÃO DOS 66 ANOS DA CNBB


Exibido ao final da missa de celebração dos 66 anos da CNBB, na paróquia São Paulo, no Incra 8, em Brazlândia (DF), documentário apresenta o projeto Social Correndo Atrás de um Sonho, coordenado pela entidade. O vídeo, com duração de 9 minutos, foi produzido pela Assessoria de Imprensa da CNBB.


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Novembro de 2018
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário