sábado, 2 de agosto de 2014

O QUE É VOCAÇÃO?

Vocação, para os cristãos católicos, é um chamado de Deus para seguir um caminho, religioso ou não, para a construção do Seu Reino. Nós temos por obrigação servir a Deus na vocação que ele nos reservou para a evangelização dos seus filhos.

Todos nós temos por vocação o chamado à santidade, no entanto, cada um deve procurar alcançar a santidade de um modo específico e no local que Deus escolheu.

O Catecismo da Igreja Católica relaciona alguns tipos de Vocação, quais sejam: Vocação da Humanidade, Vocação dos Leigos, Vocação para a Castidade, Vocação para o Amor, Vocação para o Apostolado, Vocação ao Matrimônio e Vocação Sacerdotal.

Durante o mês de Agosto cada semana a Igreja lembra, reflete e reza por uma vocação específica:

No primeiro domingo de Agosto ora-se pelas vocações dos ministérios ordenados, ou seja, sacerdotais e diaconais. Essa comemoração se deve ao fato de no dia 04 de Agosto celebrarmos o dia São João Maria Vianney, o Cura D'Ars, patrono dos párocos, padres, sacerdotes e no dia 10 de Agosto, o dia de São Lourenço, diácono e mártir, patrono dos diáconos.

No segundo domingo ora-se pelas vocações matrimoniais e pela família. Deus, que é amor e criou o homem por amor, chamou-o a amar. Criando homem e mulher, chamou-os no Matrimônio a uma íntima comunhão de vida e de amor entre si.

No terceiro domingo ora-se pelas vocações à vida consagrada: religiosas, religiosos, consagrados e consagradas nos vários institutos e comunidades de vida apostólica. Essa recordação é feita porque no dia 15 de agosto celebramos o dia da Assunção de Maria aos céus, solenidade que aqui no Brasil é transferida para o domingo seguinte. Maria, como mulher modelo de consagração a Deus dá o tom da comemoração do dia da vocação à vida consagrada.

No quarto domingo de agosto lembra-se a vocação dos leigos na Igreja por ser o dia do Catequista. O cristão leigo é aquele que auxilia no serviço da Igreja e também que dá testemunho de vida cristã no seu ambiente de trabalho, em casa, onde vive. O dia do cristão leigo voltará a ser comemorado no último domingo do ano litúrgico, domingo de Cristo Rei.

Para refletir mais sobre a vocação e as vocações acesse o site www.pnslourdes.com.br as temáticas: AGOSTO: MÊS DAS VOCAÇÕES; AS VOCAÇÕES NA IGREJA; VOCAÇÕES, DISCÍPULOS E MISSIONÁRIOS; VOCAÇÃO À LUZ DE APARECIDA; ORAÇÕES VOCACIONAIS E AGOSTINIANOS RECOLETOS.

Para encerrar, vejamos um pouco sobre a Vocação Agostiniana (*) :

Santo Agostinho instaura na Igreja a experiência das primitivas comunidades. É o que ele diz no início de sua Regra: “Para isto vos reunistes em comunidade. Vivei unidos numa só casa e tende uma só alma e coração dirigidos para Deus”.

Agostinho concebia a vida religiosa como um grupo de amigos que se reuniam para chegar à posse da verdade. Lendo a Regra, vê-se que, na sua concepção, cada membro tinha uma função dentro do grupo, todos, porém, “uma só alma e coração”.

Após a sua conversão, Agostinho escreve a Leto que duvidava em seguir sua vocação:

“Cada um procure amar aquela sociedade e comunhão, como está escrito: Não existia entre eles senão uma só alma e um só coração. Desta forma, tua alma não é tua, mas de todos os irmãos. As almas deles são tuas, ou, melhor, suas almas com a tua, não são almas, mas uma só alma, única, de Cristo" (Epist. 243,4)

Para Agostinho a experiência de vida religiosa está penetrada pela dimensão comunitária. É um ponto de partida sumamente bíblico.

Para construir esta comunidade exige-se o fundamento da caridade. Vivendo a caridade, os irmãos: dedicam-se a mútuas atenções, como filhos de Deus e irmãos de Cristo; entregam sua vida e tudo o que lhes pertence ao serviço do amor; aceitam-se mutuamente; sabem perdoar; praticam com delicadeza a correção fraterna e ajudam-se com orações.

O ideal da comunidade agostiniana é realizar uma convivência em Cristo, reproduzindo, de acordo com as exigências de cada tempo e lugar, o que vem descrito nos Atos dos Apóstolos.

Este é o ideal, bíblico e humano, que a Ordem dos Agostinianos Recoletos propõe aos jovens de hoje. Num mundo dilacerado por separações provenientes dos mais variados conflitos, mas que anseia pela paz e compreensão podemos oferecer aos jovens e homens de boa vontade a possibilidade de uma realização humana, eclesial e religiosa, que leva em conta as mais profundas aspirações. (*)  www.santarita-oar.org.br

ORAÇÃO VOCACIONAL

Senhor nosso Deus: fazei que o clamor de vossa voz chegue a muitos. Que se levantem e vivam unidos a Vós. Preparai seus corações com vossa Palavra, de modo que se disponham a evangelizar os pobres e a cuidar de vossa extensa messe. Senhor, que todos os chamados à vida agostiniana recoleta escutem vossa voz e possam cumprir vossa vontade. Amém.

SERVIÇO DE ANIMAÇÃO VOCACIONAL OAR

“Vivemos em Comunidade para transformar nosso mundo num lugar mais de acordo com os valores de Deus: Paz, Liberdade, Dignidade, Educação, Ciência e Caridade. Tudo sempre segundo os ensinamentos de Santo Agostinho, nosso Fundador, pessoa que amou a Ciência e a Caridade como valores mais importantes para o crescimento pessoal”.

VENHA SER UM AGOSTINIANO RECOLETO!

Entre em contato com o Serviço de Animação Vocacional OAR:

Província Santa Rita de Cássia
Rua São José, 743, Centro
14010-160 – Ribeirão Preto – São Paulo
Tel.: (16) 3237-7418



Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Agosto 2014
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário