segunda-feira, 3 de agosto de 2015

CONHECENDO NOSSOS PAROQUIANOS


Nossos paroquianos deste mês já são muito queridos, dedicados e doam boa parte de seu tempo para ajudar nossa missão, que também é a de valorizar e cuidar da família, a célula da nossa sociedade.

O casal Maria do Carmo Oliveira Pontes e José Gustavo Pontes trabalha na Pastoral da Família.

José freqüenta nossa paróquia com sua mãe dona Teresinha desde 1979. Tem acompanhado as mudanças tanto estrutural como nas chegadas e partidas de tantos freis agostinianos que trabalham aqui.

Maria do Carmo morava com uma irmã na região do Ipiranga em meados dos anos 1990, veio visitar uma outra irmã que morava nessa região e conheceu o José. Namoraram por cinco meses, estavam muito apaixonados e tiveram uma surpresa: Maria estava grávida de Érica, hoje com 20 anos. Decidiram morar juntos na casa da dona Teresinha para começar a vida. As coisas começaram a melhorar, se mudaram para um apartamento e tiveram também outra filha, a Elen, hoje com 13 anos.

José é devoto de Nossa Senhora Aparecida e Maria é devota de Nossa Senhora de Fátima. Freqüentavam as missas todos os domingos, mas ainda não realizavam nenhum trabalho na Igreja.

Em 2003 passaram por um momento muito delicado, onde José foi diagnosticado com uma doença muito grave e rara, chegando a ficar internado em estado grave por vários dias. Foram dias de muita tristeza e angústia, mas também de muita oração. Graças a Deus ele melhorou. Por conta dessa felicidade, renovaram seu amor casando-se no civil poucos meses depois.

Continuaram freqüentando a missa e certo dia numa conversa com Sérgio Bonadiman, Maria se sentiu tocada ao ser convidada a trabalhar em alguma pastoral em nossa paróquia. Também na mesma época receberam o convite de Andréa Zanetti para participarem do Encontro da Família. Adoraram! A partir daí começaram a trabalhar na Pastoral da Família, que também abrange o ECC(Encontro de Casais com Cristo); trabalham na Barraca da Família nas quermesses.

Foi nesse clima familiar com Deus que o casal percebeu a necessidade de algo maior em suas vidas do que somente o casamento civil: a bênção de Deus em sua união.

Conversaram com o frei Ademildo, que presidiu o casamento deles durante a Missa da Família no dia de Nossa Senhora de Fátima, em 13/05/2012, fato que rendeu matéria em nosso jornal na época!

Além da Pastoral Familiar na paróquia, Maria juntamente com o Frei Laércio e Frei Sidney formaram um grupo de Jovens há dois anos na Comunidade onde a família mora na região do Ceagesp.

Também uma vez por mês no último domingo, é realizada uma Missa que é celebrada por Frei Marcus. Para que essa missa ao ar livre se tornasse mais confortável, Maria e sua amiga Marinalva contaram com a ajuda do nosso pároco Frei Egisto, que doou 50 cadeiras para os fiéis. Também na Comunidade, o casal coordena o grupo Bíblico, realizado às segundas feiras. É escolhida uma casa, onde se reúnem, fazem reflexões bíblicas e rezam juntos. Ah! o casal conta sempre com a ajuda da filha Elen nas tarefas pastorais, desde do grupo de jovens até na barraca da quermesse.

Perguntados sobre a diferença entre o antes e depois de sua ajuda na paróquia, Maria nos diz sentir que antes sua fé era mais fraca, aprendeu muito com a pastoral, ficou mais fortalecida, tem mais paciência para lidar com as dificuldades do dia-a-dia. José aprendeu mais sobre a Palavra de Deus, lê mais a Bíblia, hoje se sente menos nervoso e estressado.

Sobre a importância da paróquia em suas vidas, Maria diz que é a sua segunda casa, que a paróquia é muito importante na vida dos que moram ao seu redor, tanto no aspecto espiritual como também em relação às obras sociais realizadas aos menos favorecidos da região. Elen gosta de vir na Igreja, gosta mais quando os freis vão à Comunidade fazer visita, fica muito contente.

Em resumo, a paróquia é uma família como as outras: tem o trabalho, mas também tem a vida em comunidade, onde se divertem, tem as festas, as reuniões, é muito bom!

Mensagem de fé da família para os nossos leitores:

Maria diz que por mais difícil que o caminho possa parecer, não devemos desistir jamais, uma hora a luz há de brilhar. José lembra que o contato permanente com Deus nos protege de muitas coisas ruins, devemos sempre no Senhor ser amparados. Elen pede para que não exista acomodação na fé e sempre se ter esperanças de que conquistaremos o que pedimos a Deus.

Aproveitamos para convidar a todos a participarem da próxima Missa da Família que será realizada com a colaboração do casal no próximo dia 09/08 às 19h00 e antes da missa teremos o momento de Adoração ao Santíssimo, com início às 18h30.

Agradecemos imensamente de tê-los conhecidos um pouco mais, pelo dedicado trabalho pela obra de Cristo em nossa paróquia e na comunidade. Deus os abençoe sempre!


Reforçamos o convite do casal, se tiver alguém interessado em ajudar e participar da Pastoral da Família, pode procurá-los. Serão todos bem-vindos!


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Agosto 2015
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário