sábado, 6 de agosto de 2016

PROJETO DE VIDA E MISSÃO

PROJETO DE VIDA E MISSÃO DA PROVÍNCIA SANTA RITA DE CÁSSIA (Continuação)

L. ECONOMIA
L.1.- Vender os imóveis que não tem retorno e nenhuma perspectiva econômica. Aplicar o dinheiro adquirindo imóveis preferencialmente na planta.
Anualmente.
Responsável: Prior Provincial e Assembleia Provincial.

L.2.- Todas as paróquias sob a responsabilidade da Província colaborem mensalmente com os Seminários de Filosofia e Teologia. O Ecônomo Provincial e o Pároco, se for preciso, conversem com o Bispo diocesano e o Conselho Administrativo Paroquial; determine-se o valor que será depositado numa conta expressamente dedicada a esta finalidade.
Mensalmente
Responsáveis: Ecônomo Provincial e Pároco

L.3.- Fazer auditoria na Associação Agostiniana Recoleta de Beneficência e Educação (AARBE).
Após cada Capítulo Provincial
Responsáveis: Prior Provincial e Assembleia Provincial.

L.4.- Os religiosos repassem mensalmente o valor integral da aposentadoria e o extrato da mesma ao Prior local, que o encaminhará à cúria provincial.
Responsável: Prior local

L.5.- Todos os religiosos podem desfrutar de um mês de férias anual. Cada religioso de voto solene receberá três salários mínimos nacional para suas férias. O religioso de votos simples receberá dois salários mínimos vigentes. O valor da passagem será dado conforme cada caso.
Responsáveis: Prior e Ecônomo local

L.6.- Nenhum religioso tem direito de possuir conta bancária em nome próprio, exceto a conta aposentadoria. Caso seja necessário, a conta será aberta em conjunto com outro religioso e com autorização do Prior Provincial por escrito.
Responsável: Prior Provincial.

L.7.- Nas casas cujo patrimônio é da Província, após estudo e orientação profissional, se for necessário, constitua-se um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) de filial e faça-se a prestação de contas à comunidade local e à Cúria Provincial.
Julho de 2016.
Responsáveis: Prior Provincial, Ecônomo Provincial e Prior local.

L.8.- Realizar e/ou atualizar o inventário de todos os bens de cada residência de propriedade da Província. Elaborar um modelo e orientações adequadas.
Dezembro de 2018
Responsáveis: Ecônomo Provincial e Conselho de Economia

L.9.- Investir na Biblioteca da Capelinha com orçamento próprio e estudar a possibilidade de con-tratação de um bibliotecário profissional.
Anualmente
Responsável: Prior local

L.10.- Estabelecer as prioridades e um cronograma de reforma do Seminário Teológico Santa Mô-nica.
Anualmente
Responsáveis: Ecônomo Provincial e Prior local

L.11.- O Ecônomo Provincial não exerça a função de pároco para melhor ajudar nas diversas ne-cessidades que dizem respeito à economia da Província.
Responsável: Prior Provincial

M. GOVERNO

M.1.- Retomar o estudo dos contratos de nossas paróquias com as Dioceses e dar uma resposta sobre a conveniência ou não de realizar os mesmos conforme cada caso, após consulta a um canonista.
Dezembro de 2016
Responsáveis: Prior Provincial, Ecônomo Provincial e Párocos

M.2.- Estabelecer passos e prazos com o Bispo diocesano de Franca para entrega da Paróquia Sagrado Coração de Jesus.
Dezembro de 2016.
Responsáveis: Prior Provincial e seu Conselho

M.3.- Atualizar a base de dados da Província em consonância com a Ordem.
Dezembro de 2016.
Responsável: Secretário Provincial.

M.4.- Os Secretariados e órgãos de serviços da Província ficam assim constituídos:
- Secretariado de Animação Vocacional e Formação Inicial
- Secretariado de Espiritualidade e Formação Permanente
- Secretariado de Apostolado e Pastoral da Juventude
- Conselho de Economia
- Equipe de Comunicação
Responsáveis: Prior Provincial e seu Conselho.

M.5.- Ao final de cada ano os secretariados, Conselho de Economia e Equipe de Comunicação, enviem à Cúria Provincial os relatórios das atividades desenvolvidas durante o ano.
Responsáveis: Presidentes dos secretariados e órgãos de serviço

M.6.- O Prior Provincial e seu Conselho elaborem uma ficha relatório para que os secretariados, Conselho de Economia e Equipe de Comunicação, registrem as atividades mais relevantes duran-te o ano.
Responsáveis: Prior Provincial e seu Conselho

M.7.- Dedicar a Assembleia Provincial do ano 2017 ao estudo das determinações do 55º Capítulo Geral.
Janeiro de 2017
Responsáveis: Prior Provincial e seu Conselho

M.8.- Estudar a possibilidade de abrir o processo de reconhecimento das virtudes heróicas de frei Santos Ramírez.
Dezembro de 2016
Responsáveis: Prior provincial e seu Conselho.

M.9.- O Capítulo Provincial determina que sejam quatorze (14) os delegados eleitos ao próximo Capítulo Provincial, assim distribuídos: cinco (05) pelos ministérios do Estado do Espírito Santo e da cidade do Rio de Janeiro; cinco (05) pelos ministérios do Estado de São Paulo e quatro (04) pelos formadores e promotores vocacionais.
Julho de 2019.
Responsáveis: Prior Provincial e seu Conselho.

M.10.- O Prior Provincial faça uma consulta aos religiosos que gozam de voz ativa, segundo o n. 388 do Código Adicional para que o Capítulo Provincial determine qual será a formula de eleição do próximo Prior Provincial.
Julho de 2019
Responsáveis: Prior Provincial e seu Conselho

M.11.- O próximo Capítulo Provincial seja celebrado em janeiro de 2020.
Responsável: Prior Provincial

M.12.- O Capítulo Provincial designa a casa de São José, em Ribeirão Preto, como sede da Pro-víncia.

Responsável: Prior Provincial.


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Agosto de 2016
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário