sábado, 5 de novembro de 2016

ENTREVISTA DO MÊS

Maria Amélia

Nesta edição, iremos conhecer um pouco mais sobre esta portuguesa, com certeza, Maria Amélia Figueiredo dos Santos, nossa querida ministra da Eucaristia, a dona Amélia!

Dona de um poder incrível no uso das palavras, inspirada pelo Espírito Santo, e de personalidade forte, feliz e segura de sua fé, dona Amélia nasceu em Portugal, na região de Anadia, Distrito de Aveiro. Morou lá, onde teve uma infância muito alegre com seus pais ( dona Hermínia e seu Valdomiro) e seus irmãos ( Dulce e Belmiro), onde naquela época, seu hobby favorito já era cantar. Passava horas cantando fado, ouvia muito seus cantores favoritos, Amalia Rodrigues e Francisco José. Veio para o Brasil aos 21 anos de idade, após a separação de seus pais, onde foi morar com seu pai no Rio de Janeiro, enquanto sua irmã Dulce, já casada, veio residir em nosso bairro aqui em São Paulo.

Levava uma vida tranquila como toda jovem de sua idade, trabalhando e estudando, até que uma fatalidade a fez vir morar em São Paulo: o esposo de sua irmã Dulce faleceu em um acidente de moto, deixando-a com três crianças pequenas (Rogério, Celestino e Nelson), então, para vir ajudar a irmã, veio ajudar a cuidar dos sobrinhos, em 1967.

Foi logo procurar emprego assim que chegou, e foi trabalhar nas Lojas Barulho da Lapa, na rua Cincinato Pomponet, trabalho que lhe dava muita realização e satisfação. Vinha sempre na hora do almoço alimentar as crianças, já que sua irmã também trabalhava fora, dividiam os horários para poder cuidar deles.

Nesse interim, tinha amizade com uma família que já conhecia desde a infância em Portugal, onde havia um rapaz de nome Manuel, que frequentava a casa de sua irmã e se tornaram mais próximos. Namoraram por dois anos e se casaram na Paróquia Nossa Senhora de Fátima no dia 07/06/1969.

Dona Amélia, sempre muito religiosa, frequentava nossa paróquia e acompanhou toda a evolução da comunidade, desde a mudança da pequena igreja para a construção da nova e maior, quanto no crescimento do bairro e da comunidade. O casal teve seu primeiro filho, Cláudio, em 19/03/1970 e o segundo filho, Luciano, em 09/03/1979. Ambos foram batizados e fizeram primeira comunhão em nossa Paróquia.

Cláudio é pai de Giovanna (14 anos), Otávio (11 anos) e Arthur (5 anos). Luciano é pai de Vitor (10 anos) e Alice (5 anos).

Devota de Nossa Senhora de Fátima e de Nossa Senhora de Lourdes, participou do Encontro de Casais com Cristo, realizado pelo Frei Toninho, em meados dos anos 1980, quando passou por problemas familiares, levando a uma depressão muito forte, sendo salva por sua inabalável fé, se fortaleceu ainda mais na igreja, participando ainda mais dos eventos na comunidade, dos grupos de oração, se fez ainda mais religiosa e superou todas as coisas ruins que apareceram em sua vida.

Trabalha com alegria e dedicação na quermesse, onde começou há anos atrás na barraca da sardinha e do vinho quente, trabalha na Pastoral da saúde, faz parte do apostolado da Oração, fez parte dos Encontros de Jovens com Cristo e é ministra da Eucaristia há oito anos. Há mais ou menos cinco anos, faz parte também da Frasar, onde emprega seu dom artístico cantando no coral. Nos saraus realizados em comemoração ao dia de Santo Agostinho, 28 de agosto, sempre dá uma palhinha cantando seus encantadores fados, com sua firme e doce voz, características também de sua personalidade.

Com seu dom intercessor e sábio, está sempre atenta para ajudar pessoas que precisam de palavras de incentivo para acalmar e acalentar o coração com os ensinamentos de Deus.

Sobre o significado da Paróquia em sua vida, ela diz: “É a minha vida, não sei viver sem 
Cristo, é minha segunda casa e a comunidade é minha segunda família!”

Mensagem de para os leitores: “Acredite em Deus, acredite SEMPRE porque Ele NUNCA desampara um filho(a), você só precisa acreditar e confiar, ser perseverante e nunca desistir!”

Dona Amélia, fica aqui nosso agradecimento por podermos conhecê-la um pouco mais e o nosso muito obrigado por tanta dedicação aos trabalhos em nossa Paróquia! Que Deus a abençoe infinitamente!  


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Novembro de 2016
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário