quarta-feira, 5 de março de 2014

COTIDIANO: MAIS ORDEM

Brasil: Mais Ordem para ter Progresso

A morte do cinegrafista ferido por um rojão durante um protesto no Rio de Janeiro ecoou em todos os jornais, rádios e telejornais, acirrando opiniões sobre a violência e a insegurança reinantes em nosso país.

Manifestações violentas, blackblocs, tentativa de assaltos que terminam em morte, arrastões, ação de justiceiros e etc. são manchetes estampadas na mídia que nos fazem refletir sobre os rumos de nossa sociedade,

Certa vez, Kofi Annan, antigo Secretário-Geral da ONU, definiu um país desenvolvido como "aquele que permite que todos os cidadãos desfrutem de uma vida livre e saudável em um ambiente seguro”.

Diante de tal pensamento e da atual realidade da sociedade brasileira, chegamos a conclusão que apesar de ser a sétima economia do mundo, nosso país, ainda tem que vencer grandes desafios para estar inserido no rol dos países desenvolvidos.

Um país é considerado desenvolvido quando possui alto nível de desenvolvimento econômico e social, levando em conta alguns critérios de análise. Um desses critérios é o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) que mensura a riqueza, educação e esperança média de vida de um país, ou seja, mede o bem-estar de uma determinada população. Os países desenvolvidos geralmente são os que apresentam IDH elevado. Países que não se enquadram em tais definições são qualificados como países em desenvolvimento ou subdesenvolvidos.

Infelizmente, os problemas políticos e sociais do nosso país nos deixam muito longe de sermos considerados um país desenvolvido. Corrupção, nepotismo, descaso com políticas públicas para a população, utilização da máquina pública para interesses particulares, violência, criminalidade, saúde, educação, desigualdade social e etc. são apenas alguns de nossos problemas.

Ao refletir sobre todas essas questões, diria que a desigualdade social é um dos grandes problemas do Brasil, pois, enfraquece o crescimento econômico, gerando altos níveis de criminalidade e insegurança.

No campo da segurança pública, educação e saúde observa-se uma crise crônica com dificuldade de solução em curto prazo, pois, tais mudanças dependem de alterações intensas no procedimento de gestão e, sobretudo, de um profundo choque de moralização de comportamentos. O pouco rigor no cumprimento das leis aliado às injustiças sociais esclarece, em parte, a intensificação da violência no Brasil.

Como brasileira gosto de pensar no lado positivo de meu país. Porém, é impossível ficar alheia à classe política que nos envergonha com sucessivos escândalos, aos bandidos que matam por R$10 ou aos blackblocs que dizem praticar uma “violência simbólica” que tirou a vida de um cinegrafista em pleno exercício de sua função. Além do mais, não se pode fechar os olhos para as pessoas que morrem em filas de hospitais públicos ou para aqueles que parecem “zumbis” nas ruas por conta do uso de drogas.

O Brasil é um país com grandes recursos e possibilidades. Afinal, foi uma das primeiras economias a superar a crise global, mas diante de tanto descaso chegará algum dia a se tornar uma nação considerada desenvolvida?

Quero crer que sim. Mas, para isso o Brasil ainda tem muito a fazer em áreas que incluem redução da desigualdade, a melhoria da educação, reformas nas instituições públicas, combate à corrupção, combate à violência e até mesmo respeito ao meio ambiente e aos direitos humanos.

Vanusa do Reis Coêlho Rodrigues


Vanusa Coêlho é graduada em Ciências Contábeis e Letras/Inglês. Possui Mestrado em Psicologia da Educação (PUC/SP); MBA em Recursos Humanos (FGV). É Especialista em Educação Lúdica, Neuroaprendizagem e em Psicopedagogia Clínica e institucional (PUC/SP). ÉPersonalCoach e Practitioner em Programação Neurolinguística. Possui Certificação em Mediação PEI e Curso de aperfeiçoamento em TDA/TDAH (EPSIBA/Buenos Aires).


Jornal Online “A Voz de Lourdes” - Março 2014
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário