sexta-feira, 2 de maio de 2014

MAIO: MÊS MARIANO

O mês de maio nos envolve num misterioso clima de ternura e dor, de força e fraqueza, de solidariedade e pobreza. Lembra o carinho e a dedicação da mais querida de todas as criaturas, a mãe, e desperta, em nosso coração filial, o mais vivo sentimento de reconhecimento e gratidão. Reaviva a certeza da presença materna de Maria, mãe de Jesus e nossa, mulher humilde em quem Deus manifestou seu poder, e vence  todo o sentimento de orfandade e solidão.

No aconchego do lar, dos lábios de nossa mãe terrena aprendemos a balbuciar a ave-maria e a entregar à nossa mãe do céu nossas dificuldades e preocupações; de Maria, a mãe de todas as mães, aprendemos a humildade dos pobres e a perseverança dos mártires. Com sua vida simples, ela nos diz o quanto é importante sintonizar-se com o projeto de Deus, interpretar os acontecimentos históricos e caminhar à luz da fé.

Maria e, para nós, exemplo e modelo de comunicação com Deus e com os irmãos. Ela nos ensina a alimentar nossa vida à mesa da Palavra de Deus e a ser anunciadora da vida nova que recebemos do Espírito Santo, que renovou os apóstolos no dia de Pentecostes e nos renova constantemente

Caminhando com Maria, à luz do mistério de Deus uno e trino, percebemos que, em  nossa família, santuário da vida, a comunhão é um sonho que, para se tornar realidade exige que nos purifiquemos do egoísmo e do individualismo que nos destroem.

Neste mês de maio, temos muitas lições a aprender de nossas mães e da mãe de todos nós, Maria. A maior delas é o respeito à vida em nossa sociedade dominada pela violência e pela morte. Quem melhor do que a mãe compreende o valor da vida humana? Quem melhor do que Maria-mãe sabe o que significa ver um filho sofrer? Ela, que viu seu filho padecer os piores sofrimentos, nos ajude a tomar consciência da nossa responsabilidade na construção de um mundo mais justo e fraterno.

Que Maria de Nazaré nos conduza, sempre mais, a Jesus de Nazaré, o Filho de Deus. Como diziam os antigos, a Jesus por Maria. Ela é o símbolo do povo cristão e para o povo cristão.

Que o Espírito Santo nos ensine a repetir com fé: creio em Maria, que nos conduz a Jesus, seu Filho Redentor.

Sérgio Bonadiman

Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Maio 2014
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário