segunda-feira, 1 de outubro de 2018

ORIENTAÇÕES DA IGREJA PARA AS ELEIÇÕES DE 2018



1 É proibida a propaganda eleitoral no interior das igrejas, como também discursos e comícios, sob o risco de se incorrer nas penalidades previstas na legislação eleitoral;

2 Procure conhecer os candidatos e suas propostas, exigindo deles um compromisso ético;

Que os candidatos defendam os valores cristãos, por exemplo, no que diz respeito à vida e à família e ao direito dos pais de educarem seus filhos na prática da fé e dos costumes, e rejeitem todo tipo de ideologia contrária ao direito natural e à doutrina e moral da igreja;

4 Que, uma vez candidatos, os fiéis leigos não instrumentalizem sua liderança na ação evangelizadora da igreja;

5 Que haja clareza sobre a origem e pistas para as eleições 2018: o uso de verbas para a campanha eleitoral;

Que sejam avaliados o histórico do candidato, sua coragem de combater a corrupção e a consciência de administrar os bens públicos;

7 Que o eleitor procure votar com consciência sem aceitar troca de favores e benefícios por voto;

Não anular voto e nem votar em branco;

9 É possível promover encontros com candidatos de partidos diversos, moderados por um membro da comunidade eclesial, visando conhecer suas propostas;

10 Evitar o desânimo e valorizar o voto como oportunidade de alcançar as mudanças necessárias.



Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Outubro de 2018
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário