quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

PROJETO DE VIDA E MISSÃO 2015-2019


PROVÍNCIA SANTA RITA DE CÁSSIA 26

V- Responsabilidades (Continuação)

- Realizar nas casas de formação atividades para promover o espírito missionário nos formandos.
- Elaborar os Programas de Formação Própria (conteúdo, método, modalidade, meios, bibliografia...), em consonância com o Programa da Ordem.
- Promover Semanas de Formação Própria e de Espiritualidade OAR em São Paulo, com especialistas da Ordem e/ou outros (Mestre de professos).
- Oferecer aos professos que tiverem interesse e aptidão a possibilidade de estudar a língua inglesa (Mestre de professos).

- Visitar e animar o SAV das paróquias, avaliando o trabalho realizado.
- Visitar as comunidades religiosas visando fomentar a cultura vocacional.
- Promover reunião dos promotores e orientadores vocacionais locais.
- Empenhar-se na consolidação da equipe vocacional interprovincial no Brasil (juntamente com o prior provincial).

- Realizar uma reunião comunitária por semana com dia e horário devidamente prescritos no Projeto de Vida e Missão da comunidade.
- Cada comunidade estabeleça seu dia semanal de descanso, escolhendo um para o passeio comunitário mensal.
- Celebrar a Eucaristia da Comunidade uma vez por semana e por motivo das principais festas da Ordem e nas comemorações dos religiosos (aniversário, profissão e ordenação).
- Realizar na meia hora de meditação, uma vez por semana, o método da Lectio Divina.
- Promover dois encontros regionais e dois nacionais das Fraternidades Seculares Agostinianas Recoletas e convidar as demais províncias do Brasil.
- Estabelecer em cada comunidade, de acordo com sua necessidade, o valor da ajuda de custo dos religiosos e fazê-lo constar no Projeto de Vida e Missão da comunidade.
- Revisar o Projeto de Vida e Missão da comunidade, anualmente, e apresentá-lo ao Prior Provincial e seu Conselho para ser aprovado.
- Avaliar o cumprimento do Projeto de Vida e Missão da comunidade e registrar devidamente em ata.
- Rezar pelas missões OAR todo dia 19 do mês. Incluir a data no Projeto de Vida e Missão da comunidade.
- Tratar nas reuniões da comunidade OAR local, todo e qualquer assunto que diz respeito ao trabalho paroquial.
- Fazer o calendário anual paroquial, incluindo as datas das reuniões dos grupos e movimentos agostinianos recoletos e das celebrações próprias da Ordem.
- Iniciar, nas Paróquias onde não existem, os grupos e movimentos agostinianos recoletos: Fraternidade Secular Agostiniana Recoleta (FRASAR), Juventudes Agostinianas Recoletas (JAR), Associação de Mães Cristãs Santa Mônica (AMCSM) e manter os outros existentes.
- Todos os religiosos podem desfrutar de um mês de férias anual. Cada religioso de voto solene receberá três salários mínimos para suas férias. O religioso de votos simples receberá dois salários mínimos vigentes. O valor da passagem será dado conforme cada caso.
- Nas casas cujo patrimônio é da Província, após estudo e orientação profissional, se for necessário, constitua-se um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) de filial e faça-se a prestação de contas à comunidade local e à cúria provincial.
- Investir na Biblioteca da Capelinha com orçamento próprio e estudar a possibilidade de contratação de um bibliotecário profissional (prior da comunidade da Capelinha).

- Fomentar a dimensão missionária nas Paróquias como vivência do nosso carisma com a criação e manutenção do Conselho Missionário Paroquial (COMIPA) e outros grupos e atividades missionárias (juntamente com a comunidade local OAR).
- Celebrar em todas as comunidades o Dia das Missões de Lábrea no primeiro domingo de outubro. Para isso, providencie-se materiais pertinentes às missões. Fazer uma coleta destinada às missões de Lábrea.
- Manter na Paróquia o Conselho de Pastoral Paroquial (CPP) e o Conselho Paroquial para Assuntos Econômicos (CPAE), conforme as orientações canônicas e da Diocese (Cânon 536, 537; Doc. 100, n.287-297). Que todos os frades envolvidos diretamente com a Paróquia, segundo suas condições, participem desses Conselhos.
- Tratar nas reuniões da comunidade OAR local, todo e qualquer assunto que diz respeito ao trabalho paroquial.
- Fazer o calendário anual paroquial, incluindo as datas das reuniões dos grupos e movimentos agostinianos recoletos e das celebrações próprias da Ordem.
- Iniciar, nas Paróquias onde não existem, os grupos e movimentos agostinianos recoletos: Fraternidade Secular Agostiniana Recoleta (FRASAR), Juventude Agostiniana Recoleta (JAR), Associação de Mães Cristãs Santa Mônica (AMCSM) e manter os outros existentes.
- Criar o Serviço de Animação Vocacional (SAV) nas paróquias onde não houver (juntamente com o orientador vocacional local).
- Todas as paróquias sob a responsabilidade da Província colaborem mensalmente com os Seminários de Filosofia e Teologia. O Ecônomo Provincial e o Pároco. Se for preciso, conversem com o Bispo diocesano e o Conselho Administrativo Paroquial; determine-se o valor que será depositado numa conta expressamente dedicada a esta finalidade.
- Os religiosos repassem mensalmente o valor integral da aposentadoria e o extrato da mesma ao Prior local, que o encaminhará à Cúria Provincial.
- Retomar o estudo dos contratos de nossas paróquias com as dioceses e dar uma resposta sobre a conveniência ou não de realizar os mesmos conforme cada caso, após consulta a um canonista (junto com o prior provincial e ecônomo provincial)

Ecônomo local
- Todos os religiosos podem desfrutar de um mês de férias anual. Cada religioso de voto solene receberá três salários mínimos para suas férias. O religioso de votos simples receberá dois salários mínimos vigentes. O valor da passagem será dado conforme cada caso.
- Ao final de cada ano o Presidente da Equipe de Comunicação envie à Cúria Provincial o relatório das atividades desenvolvidas durante o ano.

- Entregar ao Prior local toda e qualquer verba recebida por serviços prestados.
- Os religiosos da comunidade tenham uma opção clara e comprometida com o apostolado social, austeridade de vida e moderação no uso dos bens temporais, e zelo pelo que pertence à Ordem.

“Que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena” (Jo, 15,11).



Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Dezembro de 2016
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário